São Paulo F.C



Sub-15 e Sub-17 fecham segunda fase do Paulista invictos

Neste sábado, tricolores garantiram mais duas vitórias no Estadual

Os times Sub-15 e Sub-17 fecharam a segunda fase do Campeonato Paulista em disputas na manhã deste sábado (13), em Cotia. Os tricolores fizeram bonito e conseguiram duas vitórias para manter a invencibilidade na competição: o infantil goleou o Sertãozinho por 9 a 1, enquanto o juvenil superou a São-Carlense por 2 a 0. 

As duas equipes fecham essa fase líderes dos grupos, com 16 pontos somados, e aguardam a definição da tabela da próxima fase.

Sub-15 goleia
Abrindo o dia, a equipe Sub-15 fez um grande jogo e fechou a segunda fase com uma goleada por 9 a 1: Samuel (2), Cássio (3), Takada, Nicolas, Lucca e Pedrinho marcaram. 

O Tricolor fez um primeiro tempo primoroso. Samuel, aos 12 e aos 15 minutos, começou a vitória. Depois, saíram três gols em quatro minutos: Takada, aos 30, Nicolas, aos 32, e Cássio, aos 34, fecharam o primeiro tempo em 5 a 0. 

No recomeço do jogo, o Sertãozinho descontou. Mas não demorou muito para os são-paulinos voltarem a marcar, e de novo com Cássio, aos sete e nove. Lucca, com 20, deixou o dele, e Pedrinho fechou o placar já nos acréscimos. 

São Paulo: Guilherme; Igor, Igão (Alexandre, no intervalo), Henrique e Nicolas; Samuel (Nadison, no intervalo), Polin (Enzo, no intervalo), Carneiro (Ferreira, no intervalo), Cássio, Takada (Pedrinho, no intervalo) e Lucca
Técnico: Lucas Macorin 

Sub-17
Após a goleada do infantil, o juvenil enfrentou um jogo mais complicado mas, mesmo assim, conseguiu uma boa vitória: 3 a 0, gols feitos por Thierry, William e Guilherme Amaral.

Aos dez minutos, Thierry apertou o goleiro, que se complicou com a saída de jogo, e o jovem atacante desviou para o gol. William, em chute de longe, ampliou aos 35. No segundo tempo, Guilherme Amaral fez o terceiro gol aos 23 minutos para encerrar o triunfo. 

Sub-17: Luciano; Lucas Gabriel (Boer, 20min/2ºT), Ryan (Miranda, 20min/2ºT), Kauã e Marques Rickelme, Yuri, Paulinho, Paz (Perroni, no intervalo), William (Basile, no intervalo), Guilherme Amaral e Thierry (Igor, no intervalo)
Técnico:
Menta