São Paulo F.C



Sub-17 goleia o Fluminense na abertura das quartas do Brasileiro

Em Cotia, Tricolor fez grande jogo e conquistou vantagem importante no início do mata-mata do Nacional

O São Paulo começou o mata-mata do Campeonato Brasileiro Sub-17 com um ótimo resultado diante do Fluminense. Na noite desta quinta-feira (08), em Cotia, o Tricolor Paulista superou o rival por 4 a 1 pela primeira partida das quartas de final do Nacional. Caio, Mateus Amaral, Newerton e Rodriguinho marcaram.

> VEJA MAIS FOTOS DA PARTIDA

Para esse confronto, o técnico Menta contou com o reforço de Rodriguinho, que voltou a ficar à disposição após três partidas fora por dores no joelho. O primeiro tempo são-paulino foi primoroso. Aos quatro minutos, Caio deu um drible da vaca no rival e mandou a bomba da ponta direita, o goleiro conseguiu pegar. Na segunda oportunidade, o atacante não desperdiçou. Newerton fez a jogada pela esquerda e tocou para a área, onde estava Caio, que empurrou para o gol, aos oito minutos.

O segundo gol foi uma pintura! Aos 26, Mateus Amaral acertou uma bomba de longe no canto direito do goleiro, que nada pôde fazer para evitar a vantagem #MadeInCotia. Pouco tempo depois, Rodriguinho arriscou da meia-lua, mas o arqueiro conseguiu segurar. Já nos acréscimos, saiu o terceiro são-paulino: Moreira fez o cruzamento, Lucas Inácio cabeceou e Newerton desviou para as redes. 

No início do segundo tempo, o Fluminense conseguiu descontar, mas os são-paulinos responderam. Eduardo Brito, que entrou no lugar de Kauê Canela, finalizou cruzado aos 17, pra fora. Em seguida, Caio quase marcou o segundo dele, mas chutou por cima do gol. Os donos da casa seguiram no ataque até que, aos 36, veio o quarto. Rodriguinho invadiu a área, pela direita, e finalizou, a defesa desviou e a bola entrou nas redes. 

O segundo e decisivo jogo está marcado para a próxima quinta-feira (15), às 21h30, em local a ser definido, com mando do Fluminense. Pela vantagem construída no primeiro jogo, o São Paulo pode até perder por dois gols que leva a vaga às semifinais. Derrota por três gols de diferença faz a partida ser decidida nos pênaltis. 

São Paulo: Leandro; Kayque Ryann, Ythallo, Lucas Inácio (Andrade, 43min/2ºT) e Moreira; Negrucci, Mateus Amaral, Rodriguinho (Matheus Alves, 37min/2ºT), Caio, Kauê Canela (Eduardo Brito, 14min/2ºT) e Newerton
Técnico:
Menta