São Paulo F.C



Sub-17 empata na primeira partida da decisão da Copa do Brasil

Jogo decisivo acontece na próxima sexta-feira, no Rio de Janeiro

Na noite desta segunda-feira (25), o Tricolor começou a busca pelo segundo título da Copa do Brasil Sub-17. Contra o Fluminense, em Cotia, os são-paulinos tiveram dificuldades no primeiro tempo, foram melhores na segunda etapa, mas não conseguiram os gols na primeira partida da decisão, que terminou em 0 a 0. 

A segunda e decisiva partida está marcada para a próxima sexta-feira (29), às 17h30, no estádio Luso-Brasileiro, no Rio de Janeiro. O confronto terá transmissão do canal Sportv e da CBFtv (via MyCujoo).

O jogo
Desfalcado de Patryck, expulso na semifinal, o Tricolor teve apenas uma mudança em relação à partida contra o Palmeiras: Belém entrou na lateral-esquerda. De resto, o técnico Menta usou o que tinha de melhor para iniciar a decisão. 

Foi só a partir dos 14 minutos que o Tricolor começou a aparecer no ataque. Talles ganhou do marcador e deixou com João Adriano, que finalizou rasteiro e o lance foi desviado em escanteio. Pouco depois, após a cobrança de escanteio, Beraldo ficou com a bola e finalizou forte, a bola bateu na mão do zagueiro, mas a arbitragem não marcou.

Bem mais equilibrado no segundo tempo, o jogo passou a ter poucas oportunidades claras de gol até o intervalo. No segundo tempo, debaixo de chuva, o Tricolor seguiu incomodando o Fluminense, que arriscou uma vez, mas parou no goleiro Leandro. Aos nove minutos, Menta mudou pela primeira vez: entraram Negrucci e Caio, saíram Mateus Amaral e Talles. 

Aos 14 minutos, saiu a melhor chance do São Paulo no jogo. João Adriano fez o primeiro arremate, parado pelo goleiro rival. Na sobra, Negrucci caprichou, mas o arqueiro novamente evitou o gol. Com Marquinhos, uma vez pela direita, de longe, e outra pela esquerda, na área, os #MadeInCotia chegaram perto de marcar. 

No final, Pet e Kaylan, em duas divididas com o goleiro rival, quase marcaram, mas apesar do domínio nas ações ofensivas durante a segunda etapa, faltou para que saísse o gol são-paulino. Quem vencer no Rio de Janeiro leva o troféu – novo empate faz o título ser definido nas penalidades. 

São Paulo: Leandro; Flávio, Brian (Andrade, 19min/2ºT), Beraldo e Belém; Léo (Kaylan, 37min/2ºT), Mateus Amaral (Negrucci, 9min/2ºT), Palmberg, Marquinhos, Talles (Caio, 9min/2ºT) e João Adriano (Pet, 37min/2ºT)
Técnico:
Menta