São Paulo F.C



Sub-17 vence o Vasco e chega à decisão da Copa do Brasil

São-paulinos superaram os vascaínos nas duas partidas da semifinal e enfrentam o Palmeiras em busca do bicampeonato

O São Paulo venceu o Vasco na tarde desta quarta-feira (18), em São Januário, e garantiu vaga na decisão da Copa do Brasil Sub-17. O Tricolor superou o rival por 2 a 0, gols feitos por Pagé e Flávio – no primeiro jogo, disputado no Pacaembu, vitória por 3 a 1.

Com a classificação, os garotos vão enfrentar o Palmeiras na decisão do torneio juvenil. O rival eliminou o Fluminense para chegar à final. As datas da decisão serão 26/09 e 03/10, e os mandos dos jogos serão decididos em sorteio na próxima quinta-feira. 

O jogo
Se na primeira partida o técnico Rafael Paiva teve quatro desfalques, nesse jogo o comandante pôde contar com todos os atletas. Pablo, que cumpriu suspensão, Talles, Juan e Patryck, que defenderam a Seleção Sub-17, voltaram a ficar à disposição. Os três primeiros foram para o jogo como titulares. 

O primeiro tempo foi bastante movimentado. Em busca do resultado, o Vasco partiu pra cima do Tricolor, que teve segurança na defesa e contou com pelo menos duas grandes participações do goleiro Young para evitar que os vascaínos saíssem na frente.

Na metade da primeira etapa, o rival teve um jogador expulso, e o técnico são-paulino fez duas mudanças: amarelados, Léo e João Adriano deixaram o jogo para as entradas de Théo e Cachoeira. Com um jogador a mais, o Tricolor deu mais trabalho, mas não conseguiu marcar. 

Aos seis minutos do segundo tempo, o São Paulo conseguiu o gol. Depois da confusão na área, Pagé finalizou para abrir o placar. Com 22, saiu o segundo: a zaga desviou a finalização de Juan, Cachoeira ficou com o rebote e tocou para Flávio, que finalizou.

Antes da decisão da Copa do Brasil, a equipe juvenil volta a jogar pelo Campeonato Paulista. No sábado, o time vai a Indaiatuba enfrentar o Primavera às 11h pela terceira rodada da terceira fase. Os são-paulinos lideram o grupo, com seis pontos somados. 

São Paulo: Young; Flávio (Vinicius), Pablo, Luizão (Fábio) e Gabriel; Léo (Théo), Talles (Pedrinho), Pagé, João Adriano (Cachoeira), Marquinhos e Juan (Talles Wander)
Técnico: Rafael Paiva