São Paulo F.C



Em Porto Feliz, Sub-15 goleia Desportivo Brasil pelo Paulistão

Equipe infantil fez 4 a 1 no time da casa e manteve os 100% de aproveitamento no Estadual; Juvenil empatou no último lance

Desportivo x SP 15

Por Renata Lutfi/Saopaulofc.net

Neste sábado (4), as equipes Sub-15 e Sub-17 viajaram para Porto Feliz para enfrentar o Desportivo Brasil, em partidas válidas pelo Campeonato Paulista infantil e juvenil, respectivamente. O Tricolor goleou na primeira e acabou empatando em 1 a 1 pelo Sub-17.

Com gols de Kaiky, Éder, Rodriguinho e Yuri, o Sub-15 bateu o Desportivo Brasil por 4 a 1 e chegou aos 12 pontos em quatro jogos, com 100% de aproveitamento no Campeonato Paulista, liderando o Grupo 9. O Desportivo soma a mesma pontuação, porém, com um jogo a mais e saldo de gols menor. O Sub-17 somou um ponto ao empatar em 1 a 1 com o Desportivo Brasil, no último lance do jogo, também se mantendo na parte superior da tabela.

As duas equipes voltam a campo no dia 11 de maio, diante do Oeste, atuando no Estádio Marcelo Portugal Gouvêa, em Cotia, com entrada gratuita aos torcedores. A partida do Sub-15 terá início às 9h e a do Sub-17, às 11h, com transmissão da SPFCtv. Antes disso, o Sub-15 participará durante a semana da Copa Nike, um dos principais da categoria, em busca do hexa.

SUB-15

Para a primeira partida, pelo Paulistão Sub-15, os comandados do técnico Menta foram escalados da seguinte forma: Leandro, Moreira, Negrucce, Ythallo e Vitinho, André, Rodriguinho e Mateus, Kaiky, Maranhão e Éder. O jogo tinha uma boa intensidade e boas chances no ataque para o São Paulo.

Mas a bola só balançou a rede aos 13 minutos. Após cobrança de escanteio, Rodriguinho finalizou, no rebote do goleiro, Kaiky aproveitou e abriu o placar. Cinco minutos depois, em boa jogada de Maranhão pela direita da área, Éder recebeu livre para fazer o segundo. Aos 25 minutos, foi a vez de Kaiky servir Rodriguinho na área, 3 a 0 Tricolor.

Para o segundo tempo, Menta voltou com três substituições: saíram Vitinho, Kaiky e Mateus, e entraram Andrade, Yuri e Luizinho, respectivamente. Pouco depois, entraram Luan e Palmital para a saída de André e Rodriguinho. Por fim, Braz ficou com a vaga de Negrucce. Com mais da metade do time renovado, o Tricolor criou muitas chances, mas não balançou a rede, ao contrário do adversário, que em um contra-ataque certeiro, não deixou a chance passar e diminuiu. Aos 32 minutos, Palmital foi derrubado na área e o juiz marcou pênalti, convertido por Yuri, que deu números finais a partida, 4 a 1.

SUB-17

Em seguida, o juvenil entrou em campo escalado pelo técnico Rafael Paiva. O tricolor foi a campo com Young, Vinícius, Luizão, Fábio e Gabriel, Léo, Talles e Pedrinho, Marquinhos, Maioli e Cauê. O jogo era parelho e truncado desde o início, com melhores chances para o time da casa, que conseguia colocar a bola no chão e trabalha-la.

O Tricolor, por sua vez, tentava chutes de fora da área e contra-ataques, mas o placar do primeiro tempo ficou em 0 a 0. Rafael Paiva voltou com três alterações no Tricolor: saíram Léo, Maioli e Cauê, entraram Miguel, Pagé e Belém. Aos 20 do segundo tempo, Max entrou na vaga de Marquinhos, mas a partida continuava difícil.

Aos 30 minutos, em rápido contra-ataque, o Desportivo Brasil abriu o marcado, sem chance de defesa para Young. Nas últimas substituições, Menta colocou Guilherme e Pablo, saindo Fábio e Pedrinho. A insistência se transformou em gol apenas no último minuto de acréscimo. Aos 44 minutos do segundo tempo, Luizão aproveitou a sobra na área e deixou tudo igual, 1 a 1. 

FICHA TÉCNICA:

Sub-15

Escalação:

Leandro, Moreira, Negrucce (Braz), Ythallo e Vitinho (Andrade), André (Luan), Rodriguinho (Palmital) e Mateus (Luizinho), Kaiky (Yuri), Maranhão e Éder.

Técnico: Menta

Sub-17

Escalação

Young, Vinícius, Luizão, Fábio (Guilherme) e Gabriel, Léo(Belém), Talles e Pedrinho (Pablo), Marquinhos (Max), Maioli (Pagé) e Cauê(Miguel)

Técnico: Rafael Paiva