São Paulo F.C



São Paulo supera o Palmeiras e leva o título paulista Sub-17

Tricolor bateu o rival nos pênaltis e faturou o 21º título estadual da categoria juvenil

Em uma partida marcada pela raça são-paulina, o time Sub-17 venceu o Palmeiras nos pênaltis e conquistou o título Paulista na manhã desta quarta-feira (20), no Pacaembu. O Tricolor perdeu para o rival no tempo regulamentar (4x2), mas superou o adversário nos pênaltis (7x6) para contabilizar o 21º título paulista juvenil e o troféu de número 72 da era Cotia. No primeiro jogo, disputado no Morumbi, vitória são-paulina por 2x0

Após um começo de jogo bem estudado por ambas as equipes, aos 15 minutos saiu o primeiro lance de perigo do Tricolor. Gabriel fez o cruzamento para área e Pedrinho finalizou de primeira, mas pra fora. Dois minutos depois, o Palmeiras abriu o placar depois de confusão na área. A reação do Tricolor chegou pela direita, quando Flávio recebeu e finalizou forte, mas por cima do gol. Porém, o rival ampliou aos 33 minutos. 

No intervalo, três mudanças no Tricolor: entraram Talles, Patryck e Juan, saíram Pedrinho, Pagé e Cauê. Mais ativo no ataque, o São Paulo incomodou bastante a defesa rival. Aos 12 minutos, Talles sofreu falta e Patryck cobrou, a bola passou à direita da trave. Na sequência, Juan ganhou de cabeça do zagueiro, mas o goleiro conseguiu segurar.

Apesar de melhor na segunda etapa, o São Paulo sofreu o terceiro gol aos 23 minutos, mas descontou aos 32, com Pablo: após cobrança de falta e desvio de Guilherme, o zagueiro empurrou para as redes. Na saída de bola, porém, o Palmeiras conseguiu fazer o quarto. Mas os são-paulinos foram valentes, e aos 44 minutos marcaram o segundo gol. Juan fez a jogada e cruzou para Luizão, muito bem posicionado, finalizar. 

Nas cobranças de pênalti, os são-paulinos foram quase perfeitos e desperdiçaram apenas uma cobrança, sendo que o Palmeiras mandou duas bolas na traves. A campanha do São Paulo até a decisão teve 17 vitórias, nove empates e quatro derrotas, com 74 gols marcados e 28 sofridos. O Tricolor eliminou a Ponte Preta nas quartas de final (1x1 e 1x0) e o Corinthians nas semifinais – após vitória por 2 a 1 em casa, os são-paulinos perderam por 1 a 0 no Parque São Jorge e venceram o rival na decisão por pênaltis (4x2). 

Nesta temporada, os garotos #MadeInCotia chegaram a três finais nos quatro torneios que disputaram: além do Paulista, venceram a FAM Cup, em janeiro; chegaram às semifinais do Campeonato Brasileiro e ficaram com o vice-campeonato da Copa do Brasil.

São Paulo: Young; Flávio, Pablo, Luizão e Gabriel; Théo (Guilherme), Pedrinho (Patryck), Pagé (Talles), Cachoeira (João Adriano), Cauê (Juan) e Marquinhos
Técnico: Rafael Paiva