São Paulo F.C



Solta o grito de campeão: Tricolor vence o Vasco e conquista o tetra da Copinha

Em tarde emocionante e chuvosa, no Pacaembu, São Paulo bateu os cariocas nos pênaltis após empate em 2 a 2

No aniversário de 89 anos do Tricolor, a garotada do CFA Laudo Natel conquistou o tetracampeonato da Copa São Paulo de Futebol Júnior! E foi com muita chuva e emoção! Nesta sexta-feira (25), nos pênaltis (3 x 1) após empate por 2 a 2 no tempo regulamentar, o São Paulo derrotou o Vasco da Gama e faturou a Copinha pela quarta vez – também ergueu o troféu em 1993, 2000 e 2010.

Para conquistar o tetra, a molecada de Cotia contou com o incondicional apoio da torcida, que compareceu em grande número e encarou a forte chuva no Pacaembu para incentivar os comandados de Orlando Ribeiro.

A torcedora Larissa, que luta há dois anos contra um câncer no cérebro, também contagiou os jovens jogadores são-paulinos: após passar por cirurgia e ainda enfrentar inúmeras quimioterapias, a pequena de seis anos de idade diz ser forte e guerreira como o time do Tricolor, e foi homenageada pelo elenco, que raspou o cabelo.

Para chegar até o título, após 23 dias de campeonato na 50º edição, o São Paulo passou por Holanda-AM, Serra-ES, Ferroviária-SP (todos na primeira fase), Rio Claro-SP (segunda fase), Mirassol-SP (oitavas de final), Cruzeiro-MG (quartas de final), Guarani-SP (semifinal) e Vasco-RJ (final).

A trajetória começou no dia 2 de janeiro em Araraquara, na Arena da Fonte Luminosa, e o Tricolor foi acolhido pelos torcedores do interior. De lá para cá, o time evoluiu em campo e seguiu invicto com seis vitórias e três empates, com 28 gols marcados e nove sofridos.

A DECISÃO

No primeiro tempo, o Tricolor foi superior, ficou mais tempo com a posse de bola e mostrou mais força ofensiva para buscar o gol. E foi com o artilheiro da competição, Gabriel Novaes, que o São Paulo balançou as redes antes do intervalo: aos 38 minutos, o atacante aproveitou cruzamento de Antony e marcou o seu décimo gol no torneio! 1 a 0!

Na volta para a segunda etapa, a chuva apertou na capital paulista e a torcida tricolor foi no embalo para contagiar ainda mais a molecada em campo! Com o incentivo das arquibancadas, o time são-paulino ampliou em grande contragolpe, logo aos sete: Antony foi lançado, ganhou na corrida e mandou para o fundo do gol. 2 a 0!

Os vascaínos reagiram e pressionaram o Tricolor. Aos 30, os cariocas descontaram com Lucas Santos, em cobrança de falta, e se mandaram para o campo de ataque em busca do empate. E aos 38, com Tiago Reis, o rival deixou tudo igual e levou a decisão para os pênaltis. 2 a 2.

Nas cobranças de penalidades máximas, o goleiro Thiago Couto brilhou, e o São Paulo conquistou o tetracampeonato da Copinha! O arqueiro defendeu duas cobranças -além de uma batida do Vasco que explodiu no travessão -, Ed Carlos, Morato e Tuta converteram, e o Tricolor levou a melhor!

1993, 2000, 2010 e 2019! O Tricolor é tetra da Copa São Paulo de Futebol Júnior!

SÃO PAULO (3) 2 x 2 (1) VASCO DA GAMA

Local: Pacaembu, em São Paulo (SP)
Data: 25/01/2019 (sexta-feira)
Árbitro: Douglas Marques das Flores
Assistentes: Tatiane dos Santos Camargo e Fabrini Bevilaqua Costa

Público pagante: 33.199 pagantes
Renda: R$ 874.745,00

GOLS: Gabriel Novaes, aos 38 minutos do 1ºT, e Antony, aos sete minutos do 2ºT (São Paulo); Lucas Santos, aos 30 minutos do 2ºT, e Tiago Reis, aos 38 minutos do 2ºT (Vasco)

SÃO PAULO: Thiago Couto; Caio, Tuta, Morato e Welington (Sena); Diego, Rodrigo Nestor (Vitinho), Paulinho (Marcos Jr), Antony (Ed Carlos), Gabriel Novaes (Fasson) e Fabinho (Weverson). Técnico: Orlando Ribeiro.

VASCO: Alexander; Tenório, Ulisses, Norões e Coutinho (Riquelme); Bruno Gomes (Laranjeira), Linnick (Alexandre Melo) e Caio Lopes; Lucas Santos, Tiago Reis e João Pedro (Talles). Técnico: Marcos Valadares.  

Os 25 inscritos na competição:

  • Goleiros: Arthur Gazze, Eduardo e Thiago Couto
  • Zagueiros: Diego, Fasson, Morato e Tuta
  • Laterais: Caio Felipe, Sena, Welington e Weverson
  • Volantes: Cássio, Marcos Jr, Rafael e Rodrigo Nestor
  • Meio-campistas: Gabriel Sara e Ed Carlos
  • Atacantes: Antony, Danilo, Fabinho, Gabriel Novaes, Paulinho, Thiaguinho, Thiago Paulo e Vitinho
  • Técnico: Orlando Ribeiro
  • Auxiliar técnico: Marcos Vizolli

CAMPANHA:

Primeira Fase

São Paulo 7 x 2 Holanda/AM - Gols: Gabriel Sara (3), Fabinho, Gabriel Novaes (2) e Vitinho

Serra/ES 0 x 3 São Paulo - Gols: Gabriel Novaes (2) e Rodrigo Nestor

Ferroviária 2 x 2 São Paulo - Gols: Fabinho e Rodrigo Nestor

Segunda Fase

Rio Claro 0 x 3 São Paulo - Gols: Gabriel Novaes (3)

Terceira Fase

Ferroviária 0 x 2 São Paulo - Gols: Gabriel Novaes e Fabinho

Oitavas de final

Mirassol 0 x 3 São Paulo - Gols: Gabriel Novaes, Antony e Sena

Quartas de final

Cruzeiro (5)1 x 1(6) São Paulo - Gols: Paulinho

Semifinal

São Paulo 5 x 2 Guarani - Gols: Antony (2), Fabinho, Paulinho e Vitinho

Final

São Paulo (3) 2 x 2 (1) Vasco

 

 

SÃO PAULO 2 X 2 VASCO

 

Local: estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP)

Data: 25 de janeiro de 2019, sexta-feira

Horário: 15h30 (de Brasília)

Árbitro: Douglas Marques das Flores

Assistentes: Tatiane dos Santos Camargo e Fabrini Bevilaqua Costa

 

Público pagante: 33.199 pessoas

Renda: R$ 874.745,00

 

GOLS: Gabriel Novaes, aos 38 minutos do 1ºT, e Antony, aos sete minutos do 2ºT (São Paulo); Lucas Santos, aos 30 minutos do 2ºT, e Tiago Reis, aos 38 minutos do 2ºT (Vasco)

 

SÃO PAULO: Thiago Couto; Caio, Tuta, Morato e Welington (Sena); Diego, Rodrigo Nestor (Vitinho), Paulinho, Antony (Edcarlos), Gabriel Novaes (Fasson) e Fabinho (Weverton)

Técnico: Orlando Ribeiro

 

VASCO: Alexander; Tenório, Ulisses, Norões e Coutinho (Riquelme); Bruno Gomes (Laranjeira), Linnick (Alexandre Melo) e Caio Lopes; Lucas Santos, Tiago Reis e João Pedro (Talles)

Técnico: Marcos Valadares