São Paulo F.C



Orlando destaca "melhor resultado" e projeta decisão da Copinha

Treinador elogiou a semifinal feita pelos são-paulinos, que agora enfrentam o Vasco em busca do tetracampeonato

Orlando

Por Celio Messias/saopaulofc.net

O técnico Orlando Ribeiro fez questão de elogiar muito a partida feita pelo São Paulo na noite de terça-feira (22), quando o Tricolor superou o Guarani por 5 a 2 e garantiu lugar na decisão da Copa São Paulo de Futebol Júnior. Com uma postura de sufocar o rival desde o primeiro momento, o time abriu o placar logo aos três minutos de jogo e não deu espaço para o rival respirar na partida.

O desempenho deixou o treinador muito satisfeito, e mesmo esse não sendo o maior placar conquistado pelos garotos nessa edição da Copinha, Orlando acredita que foi o resultado mais importante do clube até agora na competição – o maior placar foi o da estreia: 7x2 sobre o Holanda-AM.

“Na minha opinião foi o melhor resultado que fizemos na competição, mesmo tendo feito sete gols no primeiro jogo, esse foi o melhor resultado, pois o Guarani valorizou muito a nossa vitória”, afirmou o treinador.

Orlando citou também a capacidade de adaptação do grupo a novas situações. Na disputa contra a equipe de Campinas, os são-paulinos não tiveram Gabriel Novaes, artilheiro do clube e da competição (o jogador estava suspenso). Durante a primeira fase, os tricolores perderam Gabriel Sara, com uma lesão muscular. Percalços que não afetaram a luta da equipe em busca do troféu.

“Desde o começo do campeonato nós tivemos que reinventar a maneira de jogar, já que perdemos jogadores importantes como o Rafael e o Gabriel Sara, então os meninos corresponderam bem. Em alguns momentos que nos apertaram, eles responderam em campo. Eles estão na final porque merecem”, completou.

Rival definido – o Vasco será o adversário do Tricolor na finalíssima -, agora o treinador vai dedicar os dois dias de treinamento até a final ao estudo de como fazer para conseguir mais um bom desempenho. O São Paulo buscará a quarta taça da Copinha na sexta-feira (25), às 15h30, no Pacaembu.

“É importante a gente estar na final, era o que queríamos. Agora temos o Vasco pela frente, é uma excelente equipe, vamos estudar o que fazer na partida, mas tenho certeza de que os meninos vão jogar a partida da vida deles, pois não vão querer ficar com o vice-campeonato”, finalizou.