São Paulo F.C



Após pegar dois pênaltis, Thiago Couto divide méritos com o grupo

Goleiro fez defesas decisivas na partida e nas penalidades, classificando o Tricolor às semifinais da Copa SP

Thiago Couto

Por Célio Messias/Saopaulofc.net

O São Paulo é semifinalista da Copa São Paulo de Futebol Júnior 2019. E a conquista da vaga foi suada, sofrida para muito torcedor, após oito cobranças de pênaltis, na noite da última quinta-feira (17), em Araraquara, diante do Cruzeiro. Mas, um dos protagonistas da partida, tem a tranquilidade como sua principal característica: o goleiro Thiago Couto.

O Tricolor saiu na frente no marcador logo aos 5 minutos de jogo, com Paulinho, porém, não conseguiu converter as chances em gol, ampliando a vantagem. Thiago Couto fez pelo menos duas boas defesas, mantendo o São Paulo a frente. Logo no início do segundo tempo, o Cruzeiro empatou, e mais uma vez o goleiro teve destaque.

Quando o jogo se encaminhava para os pênaltis, já nos acréscimos, o atacante da Raposa ficou cara a cara com Thiago Couto, mas finalizou por cima do gol. O mesmo jogador acabou desperdiçando a cobrança de pênalti. "Teve um lance no fim, muito perigoso, em que o atacante saiu frente a frente comigo e ele pegou mal na bola. Acho que isso influenciou na pressão que ele sentiu depois, errando o pênalti", analisou o camisa 1.

Mesmo em meio a euforia dos jogadores após a conquista da vaga para as semifinais, Thiago celebrava, mas sempre mantendo seu semblante sereno. "Sempre procuro manter a tranquilidade, em todas situações", disse. "Fico muito feliz em poder ajudar a equipe defendendo duas cobranças. Mas dependo muito deles, porque se eles não convertem, de nada adianta. Então é um trabalho de equipe. Fiz minha parte e eles também foram bem", completou, dividindo o mérito com os companheiros de equipe.

Nas cinco primeiras cobranças, o Cruzeiro desperdiçou uma, chutando para fora, mas Vitinho, que fecharia as cobranças para o São Paulo, também errou. Nas alternadas, Thiago Couto brilhou com duas defesas das três batidas, enquanto o Tricolor perdeu uma e converteu as outras duas, ficando com a vaga.

Após a oração no vestiário, Thiago brincou. "Falo para os batedores que perdem que meu trabalho acabou salvando a vida deles, mas somos um grupo, todos ganham junto e todos perdem juntos. Está todo mundo de parabéns, vencemos", finalizou sorrindo.

Com a classificação, o São Paulo encara o Guarani, que superou o Figueirense na outra partida das quartas de final, na próxima terça-feira, dia 22 de janeiro, ainda sem horário definido pela FPF, em Araraquara, na Arena da Fonte Luminosa.