São Paulo F.C



Em mais um desafio, Tricolor enfrenta Cruzeiro pelas quartas da Copinha

Técnico Orlando Ribeiro exalta força do elenco nos momentos decisivos e Antony agradece apoio da torcida de Araraquara

posada

Por Celio Messias/saopaulofc.net

A 50ª Copa São Paulo de Futebol Júnior está afunilando. Dos 128 times iniciais, restam apenas oito. Em uma das partidas válidas pelas quartas de final do torneio, São Paulo e Cruzeiro duelarão para ficar entre os quatro, na noite desta quinta-feira, dia 17 de janeiro, às 21h30, na Arena da Fonte Luminosa, em Araraquara, sede Tricolor desde o dia 2 de janeiro.

O confronto entre São Paulo e o time mineiro é marcado pelo equilíbrio. Em 2018, foram três encontros, com uma vitória para cada lado e um empate. Os três pontos tricolores foram marcados na edição passada da Copinha, ao eliminar o Cruzeiro nas oitavas de final, vencendo por 1 a 0, gol marcado por Igor Gomes, em Ribeirão Preto. O empate ocorreu no Brasileirão Sub-20, 2 a 2. A derrota foi no encontro mais recente, na Copa RS, na fase de grupos, com 3 a 2 para o time Celeste. Na ocasião, mesmo com a derrota, o Tricolor seguiu até a final da competição, enquanto o Cruzeiro foi eliminado duas fases antes.

Com pouco tempo entre as partidas da Copa São Paulo, apenas um dia, a preparação tem sido feita com trabalhos regenerativos, análises de vídeos e conversas. O técnico Orlando Ribeiro espera mais uma partida difícil, rechaçando o rótulo dado por muitos como o “primeiro desafio” do torneio, exaltando o bom trabalho feito pela Ferroviária e Mirassol, e acredita na força de seu elenco para seguir em busca do título.

"A partir do momento que estamos em uma Copa SP, todos são qualificados. O Cruzeiro será mais um jogo difícil. Conhecemos eles um pouco melhor, jogamos recentemente, inclusive perdemos na Copa RS, mesmo jogando bem, foi um bom jogo. Esperamos fazer outro bom jogo e avançar no torneio. Temos peças sobressaindo para a torcida, nomes mais exaltados, mas o que vale é o conjunto, todos tem seu valor e importância dentro de campo", avaliou.

Sobre a evolução do São Paulo durante a competição, o comandante avalia com naturalidade, e exalta a força do elenco, não apenas dos 11 iniciais. Tendo desfalques por lesão e suspensão, que modificaram a escalação e também as substituições, o Tricolor não leva gols desde a fase de grupos. (3x0 Rio Claro, 2x0 Ferroviária e 3x0 Mirassol). 

"É normal as equipes começarem de uma maneira e irem mudando, mesmo que não mexa na escalação, durante um campeonato. Nós tivemos contusões e suspensões, como a equipe permaneceu crescendo, mostra a qualidade do elenco. Perdemos o Gabriel Sara, não trouxemos o Rafael por lesão, perdemos o Morato em um jogo e o Diego em outro por suspensão. Então, temos opções no elenco. Sem desfalques nesta rodada por cartões, pensarei que time irá entrar em campo contra o Cruzeiro", exaltou.

Antony, que soma cinco assistências nesta Copinha e marcou seu primeiro gol diante do Mirassol, agradeceu aos torcedores são-paulinos, que desde o primeiro jogo tem comparecido em bom número na área reservada para eles na Arena da Fonte Luminosa. Driblador e ágil, o camisa 7 é um dos atletas mais provocados pela torcida adversária.

“Venho trabalhando firme, estava com o time profissional, e agora ajudando o São Paulo na Copinha. Estamos focados para esse jogo contra o Cruzeiro, sei que o que faço aqui aparece naturalmente para o time principal, não é uma preocupação. A torcida, em Araraquara, desde o começo, vem nos apoiando e merecem nosso reconhecimento e agradecimento. É normal a torcida da Ferroviária e dos nossos rivais torcerem contra após serem eliminados”, contou o ponta.

Cruzeiro e São Paulo entram em campo às 21h30, por uma vaga na semifinal da Copa São Paulo de Futebol Júnior, nesta quinta-feira, dia 17. O duelo acontece na Arena da Fonte Luminosa com portões abertos para a torcida. A partida também terá transmissão ao vivo da Sportv, ESPN e Rede Vida.