São Paulo F.C



Após vitória, Orlando Ribeiro já visa "outra final" e evolução do São Paulo

Depois de superar o Flamengo, Tricolor descansa na próxima rodada e tenta ajustar entrosamento do time recém-formado

FENX5318.jpg

Por Everton Silveira / saopaulofc.net

O São Paulo enfrentou o Flamengo, na última quarta-feira, 5 de dezembro, mirando os três pontos e se manter vivo na busca pela vaga nas quartas de final da Copa RS. Com gols de Fabinho, Morato e Rodrigo Nestor, o Tricolor venceu por 3 a 1, mas ainda precisa progredir muito na visão do técnico Orlando Ribeiro, que usa o torneio como preparação para a Copa São Paulo de Futebol Júnior, competição com início em 3 de janeiro.

Com o time modificado em relação aos títulos da Copa do Brasil e da Supercopa, por ter jogadores em transição para o time principal, e outros fora da convocação do comandante por não terem mais idade para integrar a lista da Copa São Paulo 2019 (nascidos até 1999), Orlando ainda busca encontrar identidade, ritmo, entrosamento e coesão do novo grupo, sem se iludir com as vitórias.

“Há evolução, mas ainda muito pouco. Além de ser uma equipe recém-formada, são meninos muito jovens, alguns 2001 jogando (Morato, Fasson, Welington, Paulinho e Vitinho). Sabíamos que o torneio seria pesado, mas estamos pensando mais à frente. O que estávamos precisando, estamos conseguindo, que é ritmo, que eles percebam o que é uma competição eliminatória”, disse.

“Precisávamos de um torneio forte como esse para ver como reagem, para o elenco entrosar mais, controlar mais o jogo. O segundo tempo contra o Flamengo foi de pouco controle, os gols saíram todos na primeira etapa. Nesta competição temos pouco tempo para treinar, mas temos que melhorar”, emendou o técnico, reafirmando que o principal objetivo é deixar a equipe forte para a Copinha, em janeiro, principal torneio da categoria júnior.

Na Copa RS, o São Paulo lidera o Grupo B com seis pontos, a mesma pontuação do Cruzeiro, mas fica em primeiro pelo saldo de gols (4 a 3). Já o Flamengo, terceiro colocado, soma três pontos, porém, com um jogo a menos que os dois outros brasileiros. Com isso, a decisão das duas vagas para às quartas de final dependerá da rodada de sexta-feira (7) e domingo (9), podendo ser no saldo de gols.

Sendo o time que folga na rodada quatro, o Tricolor apenas assistirá o duelo dos times concorrentes contra o Nacional, do Uruguai, e o Independiente, da Argentina. O São Paulo volta a campo domingo, dia 9 de dezembro, diante do Independiente, em mais uma “final” na fase de grupos.

“Esses dias entre os jogos serão fundamentais para domingo enfrentar mais uma final. Projetando nosso grupo, mesmo com nove pontos podemos ficar de fora”, calculou Orlando, se referindo aos dois times brasileiros, que podem chegar aos nove pontos, mesma pontuação que o São Paulo, caso vença os argentinos.