São Paulo F.C



Sub-15 vence o Palmeiras e leva o título Paulista

Time infantil superou o rival neste sábado, em Osasco, e faturou o Estadual pela 15º vez

O São Paulo venceu o Palmeiras por 2 a 1 na manhã deste sábado (24), no estádio José Liberatti, em Osasco, e levou o título do Campeonato Paulista Sub-15, se tornando o maior campeão estadual da categoria infantil, com 15 títulos. João Adriano, no início do jogo, e Léo, no segundo tempo, balançaram as redes para dar a vitória ao Tricolor, que de quebra acabou com a invencibilidade do adversário na competição.

O Tricolor também chegou à decisão em 2017, mas não levou o título após empatar duas vezes com o Palmeiras – como tinha melhor campanha, a regra daquele ano dava ao rival a vantagem do empate. O desempenho do Sub-15 em 2018 teve 32 jogos, com 26 vitórias, cinco empates e apenas uma derrota. O time marcou 117 vezes e sofreu 26.

O jogo
O Tricolor tomou a iniciativa desde o apito do árbitro, e logo aos dois minutos abriu o placar. Palmberg tocou para João Adriano, na ponta esquerda, e o atacante finalizou na saída do goleiro. Em desvantagem, o Palmeiras tentou controlar o jogo e ficou mais com a bola, mas não conseguiu assustar o goleiro Felipe. O Tricolor chegou de novo aos 25 minutos, com bela jogada pela esquerda, mas João Adriano finalizou pra fora.

No início do segundo tempo, Talles aproveitou o cruzamento e completou de cabeça para o gol, mas o assistente marcou impedimento do camisa 9. Minutos depois, Marquinhos ganhou dos zagueiros e finalizou, zaga tirou. Na sobra, João Adriano finalizou alto demais. Aos oito minutos, veio o empate do Palmeiras.

Apesar do susto, os garotos se controlaram e conseguiram voltar à frente do placar aos 14 minutos. A jogada começou na esquerda e ficou com Léo, que chutou rasteiro da entrada da área e acertou o canto direito do goleiro. Um minuto depois, em cobrança de falta ensaiada, Patrick cobrou e o lance passou raspando o travessão!

Em busca de ampliar, o São Paulo chegou mais uma vez com Palmberg. O camisa 10 recebeu na esquerda, levou para o meio e arriscou de fora da área, mas a finalização foi pra fora! Os minutos finais da partida foram de muitas emoções. Quando pressionado na frente, os tricolores conseguiam se salvar, e no ataque, tiveram boas oportunidades, paradas pelo Palmeiras, que não conseguiu o empate.

São Paulo: Felipe; Flávio, Alysson, Belém e Patrick; Brian, Léo (Renan), Palmberg (André), João Adriano (Maioli), Talles (Vitinho) e Marquinhos 
Técnico: Menta