São Paulo F.C



São Paulo vence Chapecoense e avança para terceira fase da Copinha

Com chuva, apagão, expulsões e jogo truncado, Tricolor elimina algoz de 2017 e encara o Botafogo/SP, em Ribeirão Preto

Pela segunda fase da Copa São Paulo de Futebol Júnior, o São Paulo enfrentou a Chapecoense no primeiro jogo de mata-mata. Em partida realizada no Estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto, na noite desta quinta-feira, dia 11, o Tricolor teve que superar a chuva, apagão e um adversário aguerrido, mas venceu por 2 a 0, com dois belos gols de Toró. 

O jogo colocou frente a frente o algoz do Tricolor na Copinha 2017. Também na segunda fase, o São Paulo empatou com a Chapecoense em 0 a 0 no tempo normal, levando a decisão para os pênaltis, na qual o rival saiu vitorioso por 4 a 3. Para escrever uma nova história no duelo pelo maior campeonato de base do Brasil, o técnico André Jardine voltou a contar com Walce, que estava suspenso com dois cartões amarelos.

Com isso, o Tricolor foi escalado com Júnior, Tuta, Walce, Rodrigo e Liziero; Cássio, Luan, Igor Gomes, Antony, Toró e Gabriel Novaes. Com a bola em jogo, o primeiro tempo foi como esperado por André Jardine, de muita marcação e pressão. O Tricolor tentava trocar passes rápidos, mas o campo pesado e com poças pós chuva forte durante a tarde não deixavam o São Paulo imprimir seu tradicional jogo.

O jogo era muito faltoso e truncado. Para o segundo tempo, o time voltou sem alterações. Liziero teve duas boas chances, mas a bola não entrava, até que, aos 17 minutos do segundo tempo, Ruan, zagueiro da Chapecoense, fez falta dura e foi advertido pelo segundo amarelo, sendo expulso. Jardine fez alterações, colocando primeiro Bruno Dip no lugar de Luan. Depois entraram Diego e Fabinho no lugar de Gabriel Novaes e Walce.

Com um a mais e muita chuva, Toró brilhou duas vezes. O atacante recebeu fora da área, limpou e arrematou de longe, com categoria, no ângulo da meta adversária, aos 19 minutos. Aos 26, parecia replay. Mais um golaço, 2 a 0 São Paulo. Helinho e Oliveira foram para o jogo nas vagas de Antony e Toró. 

Com a chuva, o bairro todo apagou, ficando o estádio sem luz, interrompendo o jogo por 15 minutos. 

Na volta, ainda com muita chuva, o jogo continuou quente nos 15 minutos finais. Diego fez falta e o árbitro aplicou o segundo amarelo, colocando o zagueiro Tricolor para fora. A arbitragem marcava faltas, irritando o banco são-paulino. Por fim, o resultado se manteve, 2 a 0.

Com a vitória e classificação para a terceira fase, o jogo será sábado, dia 13, ainda sem hora definida pela FPF. O adversário será o Botafogo/SP, que venceu a Ponte Preta por 1 a 0. O duelo acontecerá no Estádio Santa Cruz.

FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO X CHAPECOENSE 
Escalação: Júnior, Tuta, Walce (Diego), Rodrigo e Liziero; Cássio, Luan (Bruno Dip), Igor Gomes, Antony (Helinho), Toró (Oliveira) e Gabriel Novaes (Fabinho). Técnico:  André Jardine 
Gols: Toró (19'/2T) (26'/2T)
Cartão amarelo: Walce, Luan e Júnior
Cartão vermelho: Diego (segundo amarelo)