São Paulo F.C



São Paulo é tricampeão da Copa Ouro Sub-20

Com gol de Murilo, aos 49 minutos do segundo tempo, Tricolor vence o Guarani e leva o campeonato pelo terceiro ano consecutivo

Pelo terceiro ano consecutivo, o São Paulo esteve na final da Copa Ouro Sub 20. Na manhã desta terça-feira (2), o Tricolor viajou para Itatiba para enfrentar o Guarani na decisão. Em jogo duro, o Tricolor venceu por 1 a 0, aos 49 minutos do segundo tempo, gol de Murilo, conquistando o terceiro caneco consecutivo da competição. 

Jogando no Estádio Luiz Scavone, no Interior Paulista, o técnico Marcos Vizolli escalou o São Paulo com Thiago Couto, Caio, Tuta, Rodrigo e Gabiga; Luizão, Igor, Sara, Fabinho, Gabriel e Marquinhos. O zagueiro Diego, suspenso, e os lesionados Guilherme Alves, Igor Morais, Danilo e Thiago Igor, acompanharam a delegação em Itatiba.

O time de Cotia foi para o ataque desde o primeiro minuto, e logo aos dois, já balançou as redes, porém o árbitro marcou impedimento. No lance, Fabinho encontrou Igor na direção do gol, que finalizou. Após a bola passar do goleiro, perdendo força,  Marquinhos empurrou para o fundo do gol, mas em posição irregular. Com 10 minutos, depois de boa troca de passes girando por todo campo, Gabriel Novaes arriscou de fora da área, fazendo o goleiro o Bugre trabalhar. Fabinho teve outras boas duas chances, enquanto o Guarani tentava se encontrar no jogo.

Apesar da posse de bola ser o maior tempo são-paulina, Thiago Couto brilhou aos 39 minutos, fazendo grande defesa no canto esquerdo baixo do gol. Em seguida, faz ótimo lançamento para Fabinho, que mais uma vez não conseguiu abrir o placar por pouco. O primeiro tempo se manteve 0 a 0.

Sem substituições no intervalo, Vizolli manteve o time trocando passes e chegando no ataque com certa facilidade, pecando apenas no último passe. Aos 16 minutos, após finalização de Gabriel, o zagueiro do Bugre tirou a bola com a mão, sendo marcado o pênalti. Gabriel Novaes chutou para fora. Em cobrança de falta do Guarani, Thiago brilhou mais uma vez.

Aos 28 minutos, a primeira substituição de Vizolli, saindo Fabinho para a entrada de Murilo. O técnico bugrino foi expulso, tendo de comandar a equipe da arquibancada. Tentando levar o jogo para os pênaltis, vendo o domínio Tricolor, o comandante adversário pedia para seus atletas praticarem o anti-jogo, caindo para a entrada da maca. Aos 41 minutos, Toró entrou na vaga de Gabriel Novaes.

Com os ânimos exaltados, o jogo ficou ainda mais faltoso e pegado, com cada bola disputada em todos lugares do gramado. Apesar da cera, o arbitro assinalou apenas 4 de acréscimo, irritando ainda mais o time do São Paulo. Marquinhos saiu para entrar Rodrigo. 

A decisão parecia se encaminhar para os pênaltis, quando, nos últimos segundos, aos 48 minutos do segundo tempo, Murilo apareceu na área para fazer 1 a 0 e cravar o tricampeonato do São Paulo na Copa Ouro Sub-20. A comissão técnica do Guarani invadiu o gramado para reclamar do tempo de jogo e o juiz findou a partida, para evitar maior tumulto.

Na entrega de troféus e medalhas, Thiago Couto foi premiado como goleiro menos vazado da competição, com apenas um gol levado e Igor eleito o melhor atleta da competição. Para levantar o troféu de campeão, o capitão Luizão chamou ao pódio também Igor Morais e Diego, que vestiram a braçadeira em outros jogos.

FICHA TÉCNICA:

GUARANI 0 x 1 SÃO PAULO FC

Escalação: Thiago Couto, Caio, Tuta, Rodrigo e Gabiga; Luizão, Igor, Sara, Fabinho (Murilo), Gabriel (Toró) e Marquinhos (Rodrigo Martins)

Técnico: Marcos Vizolli

Gol: Murilo, aos 49'/2T