São Paulo F.C



Jardine aprova estreia do Sub-20 na temporada

Com vitória e vaga garantida na segunda fase da Copa do Brasil, técnico elogia, mas busca evolução em duas semanas

7021.jpg

Por Rubens Chiri/saopaulofc.net

O São Paulo estreou com o pé direito na Copa do Brasil Sub-20. Diante do Vila Nova, em Goiânia, o Tricolor fez 2 a 0 e garantiu a vaga na segunda fase da competição nacional, na qual é o atual bicampeão consecutivo. Satisfeito com o futebol mostrado pela equipe, o técnico André Jardine pretende usar os próximos 15 dias para deixar o conjunto ainda mais forte para enfrentar o Vasco, no Rio de Janeiro.

Após a partida, Jardine avaliou a estreia em jogos oficiais do Sub-20 na temporada 2017. “Sendo o primeiro jogo oficial da temporada, foi bem aceitável, porque tínhamos um adversário forte fisicamente, competitivo, e que se fechou muito. O Vila Nova nos respeitou, ficou na defensiva o tempo todo, nos exigindo paciência para conseguir matar o jogo no segundo tempo”, analisou.

O São Paulo dominou amplamente a partida, com maior posse de bola durante todo jogo, tendo diversas chances no ataque, porém, o time goiano estava todo na defensiva, tentando segurar o empate e levar a decisão para a segunda partida, em Cotia. Mas a insistência do Tricolor fez com que a rede fosse balançada aos 19 minutos do segundo tempo, com Frizzo, e na sequência, com um forte chute de fora da área de Liziero.

Antes do duelo, Jardine afirmou que a conquista do bicampeonato não pressionava o atual elenco do São Paulo em campo, mas, após o duelo, pode constatar que os troféus impuseram respeito dos adversários.

 “Ficou bem claro o respeito que nossa equipe adquiriu. Será sempre uma dificuldade a mais em cada partida, todos estão trabalhando forte a parte defensiva e nós teremos que trabalhar e nos aprimorar em enfrentar adversários com essas caracteristicas, mesmo que eles joguem em casa”, contou.

Apesar da pré-temporada recheada de amistosos, a comissão técnica Tricolor aponta que são os jogos oficiais que darão maturidade e equilíbrio ao conjunto do São Paulo, assim "lamentando" a classificação antecipada para a segunda fase.

"Não é o ideal parar por 15 dias, mas ao mesmo tempo eliminar um jogo de volta, por mais que seja em casa, o adversário poderia nos surpreender, então estou muito mais satisfeito em ter garantido a vaga e buscaremos amistosos em alto nível para substituir o jogo que deixou de acontecer”, disse André.

O próximo adversário do São Paulo será o Vasco da Gama, que venceu o Amérca/MG por 5 a 1, e também eliminou a segunda partida da primeira fase. Por ser melhor colocado no ranking da CBF, o Tricolor decidirá a vaga para as oitavas de final em Cotia, fazendo o primeiro jogo no Rio de Janeiro.

“Vamos atrás de informações e jogos deles para analisar o adversário. Mas é uma equipe grande, com tradição, com certeza serão dois grandes jogos. Esperamos evoluir nesses quinze dias e jogar melhor do que apresentamos na estreia”, explicou André, que vê o time carioca com uma pequena vantagem por estar jogando partidas oficiais há dois meses.

“Vejo uma pequena vantagem por já estarem no carioca desde fevereiro. Eles estão avançados em montagem e soluções de problemas, enquanto ainda procuramos a melhor formação e estamos ajustando coisas. Mas algumas coisas se equilibram. Independente do estágio da temporada, o jogo será difícil para os dois lados. Será decidido em detalhes esses 180 minutos", finalizou.