São Paulo F.C



Pela segunda fase da Copa do Brasil, Tricolor perde para o Vasco

Jogando em São Januário, equipe acabou derrotada por 1 a 0; volta será na semana que vem, em Cotia

Vasco

Por Renata Lutfi/saopaulofc.net

Na tarde desta quinta-feira (20), o São Paulo iniciou a busca pela vaga nas quartas de final da Copa do Brasil, contra o Vasco, em São Januário, no Rio de Janeiro. O Tricolor perdeu por 1 a 0 e reecontra o time carioca na próxima semana, em Cotia, precisando vencer.

Sem poder contar com Eder Militão e Léo Natel, que estão treinando na Barra Funda e à disposição de Rogério Ceni, no profissional, o técnico André Jardine fez duas alterações na equipe inicial, dando oportunidade para Danilo Belão e Tom nas laterais, colocando Neves na zaga e Liziero de volante.
Com isso, a equipe de Cotia foi escalada com Lucas Paes, Belão, Rony, Neves e Tom; Pedro, Liziero, Vinícius, Frizzo, Bissoli e Caíque. A primeira boa chance saiu aos 5 minutos de jogo, dos pés de Vinicius, após cruzamento de Tom, mas o goleiro mandou para escanteio.

Aos nove minutos, Liziero tabelou com Bissoli e saiu de frente com o goleiro, no choque, o volante caiu pedindo pênalti. O árbitro não marcou a infração e deu cartão amarelo para Liziero. Com boa marcação do Vasco, o São Paulo rodava a bola de pé em pé para procurar as melhores oportunidades. O Vasco, por sua vez, jogava nos contra-ataques, mas a defesa do Tricolor também funcionava. O jogo ficou bastante truncado pelas faltas marcadas pelo árbitro para os dois lados e impedimentos do ataque são-paulino. 

Nos acréscimos, o Tricolor teve boa oportunidade com Rony, em cobrança de falta e Caíque na pequena área, mas o placar não saiu do 0 a 0. Na etapa final, sem alterações no intervalo, o Vasco partiu para cima do São Paulo. Paes fez linda defesa no primeiro chute, mas não conseguiu evitar o gol de Paulo Vitor - na assistência, o vascaíno estava impedido, mas o assistente não marcou.

Aos 20 minutos, Bissoli tentou e quase fez gol de bicicleta. Dois minutos depois, Frizzo cobrou escanteio e Neves tirou tinta do travessão. Aos 25, três substituições: Saíram Frizzo, Liziero e Vinícius, para a entrada de Geovane, Heron e Paulinho. Com o gol, o Vasco recuou, enquanto o São Paulo, com as mudanças, partiu para cima, voltando a dominar a partida. Aos 35, Tom saiu para a entrada de Gabiga. 

Caíque chutou e o goleiro, no reflexo espalmou. Bissoli pegou o rebote e finalizou novamente, mas o zagueiro tirou a bola em cima da linha. Na última parada para troca, Jardine tirou Caique para que entrasse Oliveira. Mesmo com melhores chances, o placar ficou em 1 a 0 pro time carioca.

Com o resultado, o São Paulo, que busca o tricampeonato consecutivo da competição, terá que vencer por dois gols de diferença para garantir a vaga nas quartas de final. Em caso de 1 a 0 no placar para o tricolor, a decisão será nos pênaltis. A partida de volta acontecerá no dia 26 de abril, às 15h, no Centro de Formação de Atletas Laudo Natel, em Cotia, com entrada franca para os torcedores.