São Paulo F.C



A incrível trajetória do Tricolor na China

Em 20 dias, equipe Sub-13 conquista dois torneios, com a expressiva marca de 164 gols marcados e nenhum sofrido

A passagem do São Paulo Futebol Clube pela China, no mês de agosto, foi um sucesso. Em 20 dias, dois torneios foram conquistados pelos atletas Sub-13: PEACE CUP INTERNATIONAL e GOTHIA CUP. Em 15 jogos, o Tricolor não levou nenhum gol e chegou a incrível marca de 164 gols marcados. 

A Peace Cup foi realizada em Shenyang, e contou com 32 equipes, de sete nacionalidades diferentes. O Tricolor começou goleando por 28 a 0 o Heilong Jiang, já mostrando o cartão de visitas, depois, foram mais seis goleadas até a grande final diante do Heping (China), em que o São Paulo venceu por 7 a 0 e colocou o troféu na mala. 

Somando-se a conquista do grupo, o São Paulo ainda levou mais quatro troféus individuais: Antônio Rodrigues (Toninho), como melhor técnico, Vinícius e Robson, como melhores goleiros da competição e Marcus Vinícius, que recebeu dois prêmios, pela artilharia, com 28 gols feitos, e melhor jogador do torneio. 

Já a Gothia Cup foi disputada em um complexo de 40 campos de futebol, o Gothia Park. O torneio contou com a presença de 22 equipes de 9 países diferentes: China, Coréia do Sul, Polônia, África do Sul, Mongólia, República Tcheca, Hong Kong, Itália e Brasil. O São Paulo construiu mais uma trajetória vitoriosa, vencendo sete jogos sem levar nenhum gol e ainda marcando 58.

Além do título da equipe, Gabriel Maioli foi eleito o melhor atleta da competição, com 17 gols feitos, sendo também o artilheiro do São Paulo no torneio. Leonardo Almeida também se destacou com 10 assistências em sete jogos.  

A delegação são-paulina viajou com 18 atletas: Alysson, Arthur, Brian, Fabrício, Gabriel Maioli, Gustavo Magri, João Pedro, João Vittor, Leonardo, Luiz Filipe, Luís Fellipe, Marcos, Marcus Vinícius, Nilo, Patrick, Robson, Talles e Vinícius. Na comissão técnica, o técnico Antônio Rodrigues, o preparador físico Muricy Ramalho Júnior, Etemberg Melo (Guto), massagista, Edmilson Lima, roupeiro, Doutor Caio Fortuna, médico, João Paulo Cavalcanti, supervisor da categoria, e Carlos Alberto de Melo Caboclo, chefe da delegação. 

Outras passagens do Tricolor pela China

Ganhar torneios na China não é novidade para a base do São Paulo. Em 2013, a categoria Sub-20 foi campeã da Weifang Cup, vencendo o Chivas Guadalajara (México), Seleção do Irã, Seleção de Myanmar e, na grande final, Shandong Luneng (China), além de empatar com a Seleção da Coreia do Norte e com o Porto (Portugal). Foram 16 gols marcados e apenas 5 sofridos. No ano seguinte, o Tricolor ficou com o terceiro lugar.

A equipe profissional do São Paulo nunca disputou torneios oficiais na China, apenas amistosos, porém, foi do outro lado do mundo que Rogério Ceni fez sua primeira excursão com a camisa do Tricolor.