São Paulo F.C



Dênis vibra com defesa de pênalti e título da Copa RS Sub-20

Goleiro, que recebeu o troféu de defesa menos vazada no torneio em Porto Alegre, exaltou a qualidade e confiança do grupo

_MG_6766.jpg

Por Anna Cris Fotografia/Divulgação

O ano de 2016 fechou com chave de ouro para o Sub-20 do São Paulo e também para o goleiro Dênis. Na noite do último domingo (18), o camisa 1 defendeu o primeiro pênalti e viu seus companheiros converterem as cinco cobranças diante do Botafogo, sagrando o Tricolor bicampeão da Copa RS.

Após liderar a Chave D da competição, inclusive derrotando o Botafogo por 4 a 1 na primeira fase, o São Paulo superou o Grêmio e o Fluminense nas quartas e semifinal, respectivamente. Na final, o duelo foi com o alvinegro carioca, porém em um jogo muito mais duro, com empate no tempo regulamentar em 2 a 2, com gols de Léo Natel e Oliveira, e decisão por pênaltis.

Nas cobranças, Denis pegou a primeira e os são-paulinos não erraram: Clairton, Bissoli, Paulinho, Oliveira e Léo Natel balançaram as redes para dar o título ao Tricolor.

"Sabiamos a dificuldade do jogo, independente do resultado elástico na primeira fase. Eles tem muita qualidade, ficaram duas vezes na frente no placar, mas nas penalidades consegui fazer uma defesa para ajudar a conquistar o título", lembrou Dênis.

Ainda no primeiro tempo, Gleysson bateu a cabeça no atacante do Botafogo. Os dois atletas tiveram que passar por atendimento médico, levar pontos e deixaram a partida. No Tricolor, o técnico Rafael Paiva optou por colocar Rodrigo na zaga.

Para Dênis, a mudança não atrapalhou em nada o entrosamento do time no jogo, apenas ressaltou a qualidade do elenco, que ainda recebeu o prêmio de defesa menos vazada do torneio. "A troca na zaga não interferiu muito, temos confiança em todo grupo, tanto que o Rodrigo jogou a primeira fase, depois entrou o Gleyson, depois retornou o Rodrigo, e mantemos o padrão de jogo", comemorou.

Em 2016, Thiago Couto, do Sub-17, brilhou ao defender pênaltis na conquista da Taça BH. Lucas Perri fez excelentes partidas durante todo ano, sobressaindo nas conquistas da Libertadores, Copa do Brasil e Campeonato Paulista, e ainda defendeu pênati vestindo a camisa da Seleção Brasileira. Dênis revelou que os goleiros se ajudam nos treinos, conversam e torcem um pelo sucesso do outro.

"Todo mundo aprende com todo mundo na base. Conversamos entre nós, aprendemos e ensinamos coisas uns para os outros. Esse ano conseguimos grandes conquistas", finalizou.