São Paulo F.C



Tricolor elimina o Figueirense e mantém briga pelo tetra

Em jogo duro na noite desta quinta-feira (14), em Barueri, São Paulo venceu por 1 a 0 e avançou na Copinha

Diante de um adversário que acumulava 100% de aproveitamento na Copa São Paulo Futebol Júnior de 2016, o Tricolor teve que se desdobrar para seguir na disputa do tetracampeonato. Na noite desta quinta-feira (14), na Arena Barueri, o São Paulo venceu o Figueirense por 1 a 0 e avançou para a quarta fase da maior competição de futebol de base do país. O gol solitário - e decisivo - da partida foi marcado pelo lateral-esquerdo Inácio, em cobrança de pênalti.

Agora, o São Paulo enfrentará o Rondonópolis na sequência da Copinha. Os mato-grossenses eliminaram o ABC nas cobranças de pênaltis (4 x 3) após empate sem gols no tempo regulamentar. Já os comandados de André Jardine, para chegar até aqui, lideraram o Grupo 17 na primeira fase e bateram o Taboão da Serra na segunda fase, além de passarem pelos catarinenses.

Para encarar os catarinenses, o Tricolor foi escalado com Lucas Perri; Foguete, Tormena, Kal e Inácio; Jeferson, Artur, Matheus Queiroz e Lucas Fernandes; Joanderson e David Neres. Já o adversário atuou com Gianluca; Paulo, Pereira, Henrique e Brendo; Kauê, João Pedro, Léo e Matheus; Igor e Índio. No entanto, apesar da formação ofensiva, o time são-paulino teve dificuldades no primeiro tempo e não conseguiu balançar as redes.

O São Paulo não conseguia sair jogando, enquanto o Figueirense marcava no campo de ataque e levava perigo na frente. Nos instantes iniciais, o rival assustou duas vezes e deu trabalho ao sistema defensivo da equipe do técnico André Jardine. O perde e ganha no meio de campo, com muitos passes errados talvez por conta do campo molhado, impedia que o jogo contasse com mais oportunidades.

Assim, somente aos 40 minutos o Tricolor passou perto de balançar as redes antes do intervalo. Foguete cruzou da direita, a bola passou por todo mundo e Lucas Fernandes chutou na zaga. E foi justamente quando esboçou uma reação, a garotada revelada no Centro de Formação de Atletas Laudo Natel, em Cotia, tomou um novo susto. Aos 43, o Figueira carimbou o travessão do goleiro Lucas Perri e criou a última situação clara de gol no primeiro tempo.

Se na primeira etapa o rival foi mais agudo, no segundo tempo o panorama do confronto mudou. Mais ofensivo, o São Paulo cresceu na partida e logo acuou os catarinenses na defesa. Aos quatro minutos, Lucas Fernandes fez boa jogada e cruzou com perigo. Joanderson se esticou todo, mas não conseguiu tocar para o fundo das redes. Pouco depois, aos sete, após lançamento, o goleiro do Figueira saiu da área, e Joanderson tentou o toque por cima, mas errou o alvo.

Criando mais oportunidades, o time paulista conseguiu marcar o gol que garantiu a classificação para a quarta fase. Aos 15 minutos, Brendo deu um carrinho em Inácio e o árbitro marcou pênalti. Com categoria, o próprio lateral-esquerdo converteu, deslocou o goleiro e anotou o tento são-paulino: 1 a 0! Daí em diante, com a vantagem para eliminar o rival e avançar na Copinha, o São Paulo apostou nos contragolpes até o apito final para garantir a vaga.

Agora, que venha a quarta fase!