São Paulo F.C



"Acreditamos muito no futuro destes garotos"

Menta valorizou comportamento dos jogadores, que criaram inúmeras chances no clássico

MIG5656.jpg

Por Miguel Schincariol / saopaulofc.net

O placar em Limeira - 3 x 0 para o Corinthians - não diz o que foi o Majestoso pela semifinal da Copa São Paulo de Futebol Júnior de 2015. Com o dobro de oportunidades para marcar, três bolas na trave e muita disposição, o Tricolor lutou até o apito final para evitar a eliminação na maior competição de futebol de base do país.

E assim que a bola parou de rolar, o técnico Menta fez questão de enaltecer a postura de seus comandados no clássico disputado na noite desta quinta-feira (22). "A equipe teve um comportamento bom. Tomamos os gols, mas lutamos até o fim. O Corinthians criou menos, mas soube aproveitar as chances. Nosso segundo tempo foi fabuloso, com boas jogadas, mas infelizmente não conseguimos marcar os gols", avaliou o comandante.

Por questões de segurança, a Federação Paulista de Futebol achou melhor transferir o clássico para o Estádio Major Levy Sobrinho. Barueri era a casa do Corinthians, enquanto o São Paulo havia mandado todos os seus jogos em São José dos Campos. No entanto, o gramado prejudicou a rápida equipe são-paulina.

"Nós estávamos acostumados a jogar em um campo muito bom. Por isso, demoramos para acostumar com o gramado daqui. Só no segundo tempo o time conseguiu deslanchar. A gente merecia até empatar a partida em alguns momentos, mas o futebol é assim mesmo. Eles levaram vantagem, mesmo com menos chances, e venceram", acrescentou Menta.

O resultado, no entanto, não diminui em nada a grande participação da equipe na Copinha. Sempre envolvente e buscando o gol, o Tricolor encantou a torcida são-paulina e mostrou que está no caminho certo para revelar grandes jogadores no futuro. O São Paulo se despediu do campeonato com 20 gols marcados, belas atuações e momentos que ficarão marcados, como o gol olímpico de João Paulo.

"Acreditamos muito no futuro destes garotos. Com o tempo, eles vão adquirir mais experiência para amadurecer. O comportamento deles foi muito bom para a idade deles na competição. Nosso objetivo era preparar os meninos, porque nossa função é formar atletas", finalizou o orgulhoso comandante tricolor.