São Paulo F.C



Tricolor perde nos pênaltis e está fora da Copinha

Após empate em 2 a 2 no tempo normal, rival foi melhor nos pênaltis

Em um jogo cheio de emoções, o São Paulo lutou muito, mas está fora da Copa São Paulo 2013. A equipe conseguiu uma virada histórica no tempo normal, com gols de Luiz Eduardo e João Schmidt, mas nos pênaltis a equipe goiana superou o Tricolor e se classificou para as semifinais do torneio.

No primeiro tempo, foram 16 minutos de domínio completo do São Paulo. Chances de gol com Adelino e Tiago, principalmente, incomodaram o goleiro. Mas com um chute inacreditável de muito longe, o lateral Clayton Sales abriu o placar para os visitantes, na primeira chance dos rivais.

Sem mudar o ritmo, aos 22 minutos veio a resposta são-paulina. João Schmidt cobrou falta pela direita e Luiz Eduardo desviou de cabeça para empatar a partida.

Após o empate, a partida ficou igual também no volume de jogo. Ambas as equipes produziram, e o Goiás assustou o goleiro Felipe em algumas oportunidades. As melhores chances do Tricolor viram em cobrança de falta perigosa de Lucas Farias, com um chute de longe de Matheus Reis e, principalmente, com Adelino, no finzinho do jogo. O atacante recebeu passe de Lucas sozinho na frente do goleiro, mas chutou pra fora.

Um segundo tempo muito complicado foi o que o São Paulo encontrou. Baresi teve que tirara Matheus Reis de campo, pois o volante recebeu cartão amarelo, e colocou Pedrinho em campo. A alteração surtiu efeito. Em uma jogada de Pedrinho, o Tricolor conseguiu escanteio. Na cobrança, Lucas Farias achou João Schmidt, que cabeceou para o gol, aos 22 minutos.

A última mudança de Baresi foi a entrada de Mirrai no lugar de Tiago, aos 36 minutos. Com controle maior nos minutos finais, o São Paulo ainda viu Rodrigo ser expulso por falta em João Schmidt. Mirrai quase ampliou no final, após passe de João Schmidt, e o gol fez falta. No último segundo, o Goiás empatou com Mário Sérgio, e o jogo foi para os pênaltis.

João Schmidt, Pedrinho e Lucas converteram, mas a batida de Mirrai foi defendida pelo goleiro, e em seguida o Goiás converteu, garantindo a vaga.