São Paulo F.C



Sub-20 empata de forma espetacular com o Mogi Mirim e fatura o Paulista

Em seis minutos, equipe fez três gols e levou o título pra casa

Foi algo digno de filme. Nem os são-paulinos mais fervorosos imaginariam acontecer o que se passou na noite deste sábado (26), em Mogi Mirim. Perdendo por 3 a 0 e vendo o título estadual escapar, o time sub-20 conseguiu empatar em seis minutos de forma espetacular e soltar o grito de campeão após 11 anos!

O Mogi, que perdeu apenas uma partida no torneio (o primeiro jogo da final, no CFA Laudo Natel), e era considerado a grande equipe do Paulista, foi com tudo pra cima do Tricolor. Logo aos três minutos, conseguiu abrir o marcador com Jorge Elias, que marcou após completar o cruzamento da esquerda.

O São Paulo só respondeu com perigo aos 16 minutos. Dener ficou com o rebote do escanteio na direita e bateu forte, mas a bola passou à direta da trave. Aos 25, ótima jogada com Régis. O jogador recebeu na frente e finalizou na saída do goleiro, que conseguiu defender com os pés.

Mas no lance seguinte, o Mogi conseguiu mais um gol. O rival fez uma ótima triangulação pela área e Jorge Elias finalizou na saída de Richard, por cima do goleiro. Com esse resultado, a partida seria decidida nos pênaltis.

Bruno Cantanhede, aos 43, acertou um chute perigoso, que passou muito perto do gol, mas saiu à esquerda, pelo alto. E o São Paulo não conseguiu marcar na etapa inicial.

No segundo tempo, uma chuva torrencial começou a cair em Mogi Mirim, com vento muito forte, condições que dificultaram muito o jogo para as duas equipes.

A primeira chance do São Paulo foi com Dener, aos 14. O jogador acertou chute de fora da área e obrigou o goleiro a fazer ótima defesa. João, com um chute frontal, também teve boa chance aos 21. Contudo, o lance foi à direita do gol.

Aos 25, Bruno fez pênalti e o Mogi converteu com o camisa 10, Gustavo. Parecia que tudo ser encaminharia para um final triste, mas os são-paulinos mostraram porque tinham chegado à final.

Aos 41 minutos, Alfredo fez um golaço. Recebeu na meia-lua, girou sobre o zagueiro e bateu forte na direita do gol. Com esse resultado, a partida seria definida nas penalidades. Mas Ademilson, que havia entrado em campo no lugar de Bruno, fez o segundo aos 46. Alfredo fez a jogada pela direita e bateu para a meta. O goleiro espalmou e Ademilson, com calma, completou para as redes. Resultado que já daria o título ao Tricolor!

Mas ainda não era suficiente para os garotos são-paulino! No minuto seguinte, Alfredo empatou e decretou o São Paulo campeão Paulista de 2011!

Ficha técnica

Mogi Mirim: Mateus; Mateus Caramelo, Mineiro, Humberto e Jeferson Recife; Jairo (Vitor Hugo, 8min/2ºT), Marcos Paulo, Roni e Jorge Elias; Gustavo e Lucas Souza (Thiaigo, 39min/2ºT)

Técnico: Alexandre Faganello

São Paulo: Richard; Lucas Mendes, Marcelo, Luiz Paulo e Cleiton (Bruno Anjos, 27min/2ºT); Marcel (Pedrinho, 35min/2ºT), João, Dener e Regis; Bruno (Ademilson, 25min/2ºT) e Alfredo
Técnico:
Sérgio Baresi

Gols: Jorge Elias (3min/1ºT); Jorge Elias (27min/2ºT); Gustavo (25min/2ºT); Alfredo (41min/2ºT); Ademilson (46min/2ºT); Alfredo (47min/2ºT)