São Paulo F.C



Kaká é a estrela da confraternização com a imprensa

Camisa 8 são-paulino disputou o tradicional futebol com os jornalistas e esbanjou simpatia

O tradicional churrasco de confraternização com a imprensa promovido pelo São Paulo foi especial na edição deste ano. Esbanjando simpatia antes de seguir para os Estados Unidos, onde defenderá o Orlando City, o craque Kaká fez questão de participar do evento com os profissionais que cobrem o dia a dia do Tricolor no Centro de Treinamento da Barra Funda nesta quarta-feira (3).

Para celebrar as atividades de 2014, o clube promove anualmente a festa para estreitar ainda mais a relação com os repórteres que acompanham diariamente a equipe são-paulina. No entanto, desta vez, a presença do camisa 8 deu ainda mais representatividade ao churrasco, que contou com boa música - uma banda de pagode -, muita carne e boas risadas entre os participantes do evento. Além da ilustre presença do melhor jogador do mundo em 2007, o Presidente Carlos Miguel Aidar também participou da celebração.

O dirigente tricolor, aliás, foi o responsável por dar o apito inicial no duelo entre os jornalistas contra os membros da comissão técnica são-paulina. Bem humorado, Aidar foi o dono do apito na primeira etapa do confronto, que após o apito final terminou empatado em 2 a 2.

A comissão do São Paulo, que contou também com a presença do coordenador técnico Milton Cruz, largou na frente, mas permitiu a reação do time da imprensa no segundo tempo, que recebeu o reforço de Kaká na etapa complementar.

Na beirada do campo, entre um petisco e outro, Muricy Ramalho se divertiu com os lances da partida e não economizou nos comentários, sempre engraçados. "Tá louco, meu. Ainda bem que essas caras da imprensa são bons escrevendo. Jogando bola não dá, não (risos)", brincou o comandante, que também 'cornetou' a equipe são-paulina. "Tem que fazer barulho para acordar esses caras em campo. Tão dormindo, pô?", gritou o treinador, arrancando gargalhadas de quem acompanhava o confronto.

Assim como Muricy, os jovens Rodrigo Caio, Auro e Ewandro, além do volante Souza e dos atacantes Alan Kardec e Osvaldo, também acompanharam tudo de perto e se divertiram entre um lance mais polêmico e outro. Quando a bola parou de rolar, o churrasco tomou conta do CT e o futebol ficou em segundo plano...