São Paulo F.C



Éder Jofre, o maior peso galo da história

Em evento de gala nos Estados Unidos, brasileiro teve todo o seu esforço reconhecido pela WBC

WBC.Eder.Jofre

Por WBC (Divulgação)

Maior nome do boxe brasileiro, o tricolor Éder Jofre foi homenageado na última terça-feira (16), em Las Vegas-EUA, pelo Conselho Mundial de Boxe (WBC) como o maior peso galo de todos os tempos, segundo enquete promovida pelo WBC. Campeão Mundial da AMB, dos pesos galos, em 1960, unificado em 1962, e novamente Campeão Mundial, como peso pena no CMB, em 1973, o pugilista marcou época na modalidade.

Assim, em evento de gala nos Estados Unidos, o brasileiro teve todo o seu esforço reconhecido pela WBC, que também prestou homenagens aos grandes ícones do esporte, como Mike Tyson, Evander Holyfield, Julio Cesar Chavez, Sugar Ray Leonard, Michael Spinks, Roberto 'Manos de Piedra' Duran, Laila Ali (filha de Muhammad Ali), Oscar de la Hoya, Miguel Coto e Marvelous Marvin Hagler, entre outros.

No total, 51 atletas receberam novos cinturões, sendo 17 deles os atuais detentores. Condecorado o melhor peso galo de todos os tempos do CMB em 1983, Eder Jofre foi representado na cerimônia, que contou com mais de mil convidados, pelo boxeador brasileiro Raphael Zumbano. Além desta homenagem, o são-paulino conta com outras diversas premiações ao longo dos anos, que representaram a sua importância no boxe.

Indicado ao Hall da Fama do boxe em 1992 e eleito o nono melhor pugilista dos últimos 50 anos pela Revista norte-americana 'The Ring'. Ao fim de sua carreira, seu cartel apresentava somente duas derrotas - as duas nas controversas lutas contra o japonês Fighting Harada.

Vale lembrar que Éder Jofre conquistou o título dos galos pela Associação Mundial de Boxe ao nocautear o mexicano Eloy Sanches, em luta emocionante, no Olimpic Auditorium de Los Angeles. Na ocasião, diante de dez mil mexicanos e 400 brasileiros, o atleta tricolor foi superior desde os primeiros instantes e levou o adversário à lona, definitivamente, no sexto assalto.