São Paulo F.C



Tricolor empata e se despede da Sul-Americana

No Morumbi, São Paulo ficou no 1 a 1 com o Defensa y Justicia-ARG e acabou eliminado do torneio continental

O Tricolor se despediu da Sul-Americana na noite desta quinta-feira (11), no Morumbi, diante do Defensa y Justicia-ARG. Com o empate por 1 a 1 no duelo de volta, após zero a zero no primeiro confronto entre os clubes, o São Paulo foi eliminado da competição internacional. No confronto disputado na capital paulista, o time são-paulino abriu o marcador com Lucas Pratto, mas o adversário deixou tudo igual e levou a vantagem no placar agregado.

Com o fim da participação no torneio continental, o clube terá pela frente a disputa do Campeonato Brasileiro de 2017. No próximo final de semana, em Belo Horizonte, o Tricolor visitará o Cruzeiro pela rodada de abertura do torneio nacional.

Para encarar os argentinos, o técnico Rogério Ceni teve desfalques: o zagueiro Maicon cumpriu o último dos três jogos da suspensão imposta pela Conmebol e não estava à disposição, assim como o lateral-direito Buffarini, expulso no duelo de ida, na Argentina. O São Paulo não contou, também, com Wesley (lesões musculares), Araruna (se recupera de um estiramento no músculo adutor da perna esquerda) e Wellington Nem (artroscopia no joelho esquerdo).

O meio-campista Cícero, em estado gripal, foi cortado e não pôde reforçar o Tricolor, além dos não inscritos Sidão, Marcinho e Morato, que ainda sofreu um entorse no joelho direito e será reavaliado na próxima semana. Assim, o time são-paulino foi escalado com Renan Ribeiro; Bruno, Lucão, Rodrigo Caio e Júnior Tavares; Jucilei, João Schmidt e Thiago Mendes; Cueva, Neilton e Lucas Pratto.

Já o adversário atuou com Arias; Barboza, Bareiro, Cardona e Rivero; Delgado, Miranda, Jonas Gutierrez e Castellani; Ríos e Agustín. Quando a bola rolou, sem perder tempo, a equipe brasileira partiu para cima do rival e logo criou a primeira oportunidade com poucos segundos de jogo: Thiago Mendes desarmou no meio-campo e armou o contra-ataque com Cueva, que tocou para Lucas Pratto. O camisa 14 mandou para o fundo das redes, mas a arbitragem assinalou impedimento.

O bom início de jogo do Tricolor inaugurou o placar aos cinco minutos: Thiago Mendes arriscou de fora da área e marcou um golaço! 1 a 0! O São Paulo, porém, não teve muito tempo para administrar a vantagem: aos dez minutos, Castellani deixou tudo igual. 1 a 1. Com o empate, os anfitriões tentaram atacar novamente, mas esbarraram no sistema defensivo argentino que segurou as investidas são-paulinas antes do intervalo.

Na volta para a segunda etapa, para dar mais ofensividade ao time, Rogério mexeu e promoveu a entrada de Gilberto na vaga de Neilton. O centroavante, aos 15 minutos, levou perigo de cabeça após cruzamento e por pouco não recolocou os mandantes na frente. Então, em uma nova tentativa de mudar o panorama do confronto, o comandante apostou em Luiz Araújo no lugar de Bruno – assim, Thiago Mendes foi deslocado para a lateral direita.

Apesar de insistir e buscar as jogadas na frente, o São Paulo não conseguiu envolver a defesa argentina e as redes não balançaram de novo. Thomaz ainda ocupou a vaga do peruano Cueva, mas o Denfensa y Justicia conteve as descidas são-paulinas e segurou o empate: 1 a 1. Com o fim da participação na Sul-Americana, o Tricolor terá a disputa do Campeonato Brasileiro pela frente.