São Paulo F.C



Na estreia, São Paulo fica no empate com a Universidad Católica-CHI

Com gol de Luis Fabiano, o seu centésimo pelo Tricolor no Morumbi, duelo da Copa Sul-Americana ficou no 1 a 1

O São Paulo estreou com empate na edição deste ano da Copa Sul-Americana de 2013. Na noite desta quinta-feira (26), no Morumbi, Tricolor e Universidad Católica-CHI ficaram no 1 a 1 e decidirão a vaga nas quartas de final no Chile, na partida de volta. Os gols da partida, válida pelo duelo de ida das oitavas de final, foram marcados por Luis Fabiano e Nicolás Castillo, ambos no primeiro tempo.

O segundo confronto está marcado para o dia 23 de outubro, às 20h50 (horário de Brasília), no Estádio San Carlos de Apoquindo, em Santiago. O vencedor deste duelo enfrentará Nacional de Medellín, da Colômbia, ou Bahia.

Poupando o volante Rodrigo Caio, que disputou 31 partidas seguidas, e sem poder contar com Denilson, Carleto e Wellinton lesionados, o técnico Muricy Ramalho montou o time no esquema tático 3-5-2 com Rogério Ceni; Paulo Miranda, Antonio Carlos e Rafael Toloi; Douglas, Wellington, Maicon, Paulo Henrique Ganso e Reinaldo; Aloísio e Luis Fabiano.

Na primeira etapa, o Tricolor dominou boa parte do confronto, mas acabou surpreendido nos últimos minutos. Logo após o apito inicial, com apenas um minuto, o São Paulo já encurralou o adversário e levou perigo. Douglas recebeu pelo meio, fez boa jogada individual, invadiu a área e chutou colocado. A bola, porém, passou rente a trave.

Melhor no jogo, os donos da casa continuaram criando boas jogadas e buscando o primeiro gol. Ganso, centralizado, era o responsável por armar as investidas tricolores e abastecer o ataque. Inspirado e explorando as tabelas com Maicon e Douglas, o maestro acionou diversas vezes a dupla Aloísio e Luis Fabiano.

Assim, aos 17 minutos, as redes logo balançaram. O Fabuloso tabelou com Ganso, recebeu dentro da área e bateu no ângulo de Toselli, marcando seu centésimo gol pelo São Paulo no Morumbi. Pouco depois, aos 25, o camisa 9 só não anotou o gol do jogo, porque sua cabeçada não acertou a meta chinela. E quando os são-paulinos pressionavam e tentavam ampliar o placar, a Católica conseguiu o gol de empate. Aos 40, Nicolás Castillo deixou tudo igual e os times foram para os vestiários empatados por 1 a 1.

Na segunda etapa, diante de um rival mais fechado, o São Paulo não conseguia finalizar com perigo e, dessa forma, Muricy tratou de mudar a postura de seus comandados. Aos 12 minutos, Jadson entrou no lugar de Douglas. Então, Paulo Miranda foi deslocado para a lateral-direita e a equipe adotou o esquema tático 4-4-2.

Apesar da alteração, o Tricolor não conseguiu invadir a área chilena e o duelo esfriou. A alternativa, então, foi arriscar com os chutes de longe. Aos 21 minutos, Ganso pegou firme de fora da área e assustou o arqueiro da Católica. Enquanto isso, no campo de defesa, Rogério Ceni aparecia bem quando exigido e neutralizava os atacantes rivais.

Para dar mais mobilidade, Osvaldo ainda entrou no lugar de Aloísio, mas mesmo tentando descer em velocidade pela esquerda, o camisa 17 não conseguiu passar pelos marcadores e o confronto terminou empatado na capital paulista: 1 a 1.