São Paulo F.C



"Queríamos a classificação, mas o jogo na Argentina foi determinante"

São Paulo não conseguiu o revés para o Talleres-ARG no confronto de ida e se despediu da Copa Libertadores

Derrotado por 2 a 0 no primeiro duelo com o Talleres-ARG pela segunda fase da Copa Libertadores, o Tricolor entrou em campo nesta quarta-feira (13) com a missão de reverter o placar agregado. Empurrado pela torcida, o time tentou acuar os argentinos, mas ficou no empate sem gols e se despediu do torneio.

“É frustrante, porque o nosso torcedor merecia um resultado melhor. Sabíamos que era difícil reverter, mas tentamos até o fim. Difícil encontrar palavras para justificar um momento triste como este, porque nós queríamos a classificação”, disse o capitão Hernanes, que completou.

“Temos consciência de que o jogo na Argentina foi determinante. Foi praticamente igual: eles conseguiram ganhar em dois lances fortuitos e depois se classificaram aqui, no Morumbi. Agora, temos que levantar a cabeça, porque domingo tem clássico e a vida segue”, afirmou.

Diante de um adversário bem postado defensivamente, o São Paulo teve dificuldades para furar o bloqueio e atacar. “O time hoje correu, lutou e acreditou. Acho que pecamos no jogo da ida. Hoje a gente se frustra, mas pedimos desculpas para o torcedor, porque compareceram e fizeram uma festa magnífica”, acrescentou o Profeta, que emendou.

“Torcedor, desculpa. Mas vamos levantar a cabeça. Em jogo como esse não é tática e nem técnica, é coração. E o time teve isso. Temos que honrar a camisa e trabalhar", finalizou. Após a participação no torneio continental, o São Paulo retomará a disputa do Campeonato Paulista: no próximo domingo (17), às 19h, terá o clássico contra o Corinthians, fora de casa, válido pela sétima rodada.