São Paulo F.C



Jardine: "Sentimento de frustração"

Tricolor empatou com o Talleres-ARG (0 x 0) nesta quarta-feira (13) e deixou a Copa Libertadores

PINT3238.jpg

Por Paulo Pinto / saopaulofc.net

O São Paulo empatou com o Talleres-ARG (0 x 0) na noite desta quarta-feira (13), no Morumbi, e deixou a Copa Libertadores de 2019 – na ida, em Córdoba, foi derrotado por 2 a 0. Logo após o apito final, o técnico André Jardine avaliou o confronto com os argentinos válido pela segunda fase.

“O Talleres imprimiu uma marcação agressiva nos dois jogos e isso nos incomodou bastante. Nosso time não teve tranquilidade para jogar, e isso foi o maior mérito do Talleres no jogo de hoje, porque praticamente anulou nossas principais virtudes. A ansiedade também pode ter nos atrapalhado um pouco”, disse o treinador, que emendou.

“O sentimento que domina é a frustração. Tudo que o nosso grupo queria era sair com a classificação. Agradeço o apoio da torcida, enquanto o jogo rolou ela fez sua parte. A chegada no estádio foi inesquecível”, afirmou Jardine, que revelou o sentimento do elenco neste momento.

“O sentimento no vestiário é o mesmo que o meu, de frustração. Fica uma noite bastante triste para todos nós. Nesse momento é tristeza. Todos no vestiário estão sofrendo, como tem que ser. Atitude não faltou, a equipe se entregou no seu limite. Eu posso garantir, especialmente para a nossa torcida, que eles foram no seu limite”, comentou o técnico, que acrescentou.

“Todo mundo está no vestiário. Nós, no São Paulo, temos o hábito de estar juntos na derrota e na vitória. Todos estão tristes. As palavras que falamos um para os outros são de força. Não se fala muito”, finalizou André Jardine.

Após a participação no torneio continental, o São Paulo retomará a disputa do Campeonato Paulista: no próximo domingo (17), às 19h, terá o clássico contra o Corinthians, fora de casa, válido pela sétima rodada.