São Paulo F.C



"Temos que jogar com inteligência"

Em busca da vaga nas oitavas de final, Kardec projeta mais uma decisão na Libertadores

9630.jpg

Por Rubens Chiri/saopaulofc.net

"Sabemos que tudo pode acontecer, mas uma vitória nos coloca em condições boas para buscar a classificação. Um empate, dependendo da situação, pode ser ruim. Mas nem cogitamos a derrota, porque vamos entrar para vencer". A análise do atacante Alan Kardec durante a coletiva de imprensa desta segunda-feira (30), no Centro de Treinamento da Barra Funda, revela o sentimento do elenco são-paulino para o decisivo duelo contra o San Lorenzo-ARG na próxima quarta-feira (1º de abril) pela Copa Bridgestone Libertadores da América 2015.

Com seis em três jogos, o Tricolor ocupa a segunda colocação do Grupo 2, atrás apenas do Corinthians (9). Pela frente, o São Paulo terá um adversário que também luta para entrar na zona de classificação para as oitavas de final. Os argentinos detêm três pontos e, assim, seguem na briga. Por isso, o confronto na casa do rival é encarado como mais uma decisão - assim como foi no Morumbi, quando os comandados do técnico Muricy Ramalho venceram por 1 a 0.

"Claro, no decorrer da partida vamos analisar a situação. Por isso, temos que jogar com inteligência. Depois do jogo, restarão apenas mais duas rodadas. Então, temos que nos distanciar deles e abrir mais pontos de vantagem neste confronto direto", acrescentou o camisa 14, que balançou as redes duas vezes na vitória sobre o Linense (3 x 0) e vive a expectativa de ganhar uma oportunidade entre os titulares.

"Na minha posição, o principal fator é marcar gols. E tenho feito isso. Com gols, raça e vontade de marcar, vou lutar para conseguir uma vaga. Tenho atitude dentro de campo para ajudar a equipe, assim como os meus companheiros", completou o centroavante, que está preparado para encarar o San Lorenzo e batalhar em busca de um resultado positivo.

"A pressão existe, mas jogador que veste a camisa do São Paulo tem que estar preparado para isso. Os atletas se cobram muito, porque todos querem vencer. Quarta será mais um jogo importantíssimo. Se vencermos, vamos ficar em boa situação na Libertadores", finalizou o goleador são-paulino, que já balançou as redes sete vezes na temporada 2015.