São Paulo F.C



Profe e os atalhos em busca do título inédito para o Tricolor

Bicampeão da Copa da Colômbia, Osorio pode ser o diferencial do São Paulo na Copa do Brasil

0131.jpg

Por Rubens Chiri/saopaulofc.net

Em busca de uma conquista inédita em sua vitoriosa galeria de troféus, o Tricolor tem um importante 'reforço' na disputa da Copa do Brasil: o técnico Juan Carlos Osorio. Bicampeão da Copa da Colômbia - torneio com o mesmo formato da competição brasileira -, o comandante conhece os atalhos de campeonatos assim para tentar conduzir o São Paulo ao seu primeiro título da Copa do Brasil.

Na próxima quinta-feira (20), às 21h30 (de Brasília), no Morumbi, a equipe são-paulina receberá o Ceará para dar início a sua participação na edição deste ano. A volta, com mando de campo dos cearenses, está agendada para o dia 26, na Arena Castelão, em Fortaleza, às 19h30. No comando do Atlético Nacional-COL, seu ex-clube antes de chegar ao futebol brasileiro, o treinador venceu a Copa da Colômbia em 2012 e 2013.

"Será uma grande oportunidade para todos nós aqui no clube. Além disso, será mais uma grande oportunidade para que eu possa conhecer o futebol brasileiro melhor. Sei que o clube nunca ganhou essa competição e, por isso, vamos competir para tentar chegar até a final", avaliou Osorio que, em 2008 pelo New York Red Bulls, também venceu a Conferência Oeste da Major League Soccer - torneio que em sua fase decisiva é disputado no formato de 'mata-mata'.

Como disputou a Libertadores da América deste ano, a equipe são-paulina ganhou o direito de entrar somente agora no torneio, assim como Atlético-MG, Corinthians, Cruzeiro e Internacional. E a edição 2015 da Copa do Brasil está com novidades: a definição dos confrontos das quartas de final também será feita por sorteio - como os duelos das oitavas - e o gol fora de casa não será critério de desempate na decisão.

Com o novo regulamento da tradicional competição, que reúne clubes de todas as regiões do país, a decisão terá uma diferença importante em relação às edições anteriores: assim como é feito na Libertadores, o gol fora de casa não será critério de desempate. Se um time vencer por 3 a 2 em casa e perder por 1 a 0 fora, o placar agregado fica 3 a 3 e a disputa do título vai para os pênaltis.

E a missão do Tricolor em busca do primeiro troféu do torneio não será fácil. Dos 16 clubes que ainda estão na disputa do torneio, dez já venceram o campeonato: Cruzeiro (4), Grêmio (4), Atlético-MG, Corinthians, Flamengo, Fluminense, Internacional, Palmeiras, Santos e Vasco.