São Paulo F.C



Prejudicado pela arbitragem, São Paulo empata com o Novorizontino

Tricolor teve dois gols anulados de forma equivocada e dois pênaltis não marcados nesta segunda-feira (3)

Prejudicado pela arbitragem, que anulou dois gols de forma equivocada e não marcou dois pênaltis, o São Paulo empatou com o Novorizontino por 1 a 1 na noite desta segunda-feira (3), no Morumbi, em duelo válido pela quarta rodada do Campeonato Paulista.

> IMAGENS DO JOGO

Brenner, que entrou no decorrer do segundo tempo, marcou o gol do Tricolor neste retorno ao Estádio Cícero Pompeu de Toledo após duas partidas consecutivas em Araraquara: contra Palmeiras (0 x 0) e Ferroviária (2 x 1).

Com o resultado, a equipe são-paulina se manteve na liderança do Grupo C, agora com oito pontos. No próximo domingo (9), às 18h, no Estádio Bruno José Daniel, o São Paulo enfrentará o Santo André na sequência do estadual.

Para encarar o clube do interior, o time não contou com Helinho (entorse no tornozelo), Antony e Igor Gomes (ambos na Seleção Olímpica). Dessa forma, com a mesma formação utilizada no triunfo sobre a Ferrinha, o técnico Fernando Diniz escalou a equipe com Volpi; Juanfran, Arboleda, Bruno Alves e Reinaldo; Tchê Tchê, Dani Alves e Hernanes; Pablo, Alexandre Pato e Vitor Bueno.

No primeiro tempo, o Tricolor balançou as redes duas vezes antes mesmo dos 15 minutos, com Pato, mas a arbitragem invalidou os dois lances. Além disso, o São Paulo não teve um pênalti assinalado: Vitor Bueno foi derrubado pelo adversário dentro da área.

Mesmo prejudicado, o time são-paulino não diminuiu o ritmo e ainda criou outras boas oportunidades para tentar largar na frente antes do intervalo: a defesa dos visitantes tirou a bola em cima da linha após chute de Hernanes e Pablo exigiu grande intervenção do arqueiro rival.

Na volta para a segunda etapa, o Tricolor manteve a postura ofensiva e, mais uma vez, os jogadores ficaram na bronca com a arbitragem: a bola bateu na mão do defensor do Novorizontino após finalização de Arboleda, mas o árbitro nada marcou.

Sem dar tempo para o time do interior respirar, o São Paulo seguiu criando inúmeras chances e carimbou o travessão, com Reinaldo. A blitz em busca do gol era intensa e alternava investidas pelo meio e pelas pontas.

No entanto, em um rápido contragolpe, os visitantes marcaram com Higor Leite, aos 25 minutos. O gol do adversário, porém, não desanimou a equipe são-paulina. E foi assim, aguerrido e presente no ataque, que o Tricolor empatou o jogo aos 40 minutos com Brenner, que aproveitou cruzamento de Vitor Bueno para decretar a igualdade no marcador: 1 a 1.

 

SÃO PAULO 1 x 1 NOVORIZONTINO
Local: Morumbi, em São Paulo (SP)
Data: 03/02/2020 (segunda-feira)
Horário: 20h

SPFC: Volpi; Juanfran (Everton, 29/2), Arboleda, Bruno Alves e Reinaldo; Tchê Tchê, Daniel Alves e Hernanes (Toró, 30/2); Pablo, Alexandre Pato (Brenner, 23/2), Vitor Bueno. Técnico: Fernando Diniz

Gol: Brenner, 40/2

GN: Oliveira; Felipe Rodrigues, Adriano Mina, Edson Silva e Willian Formiga; Adilson Goiano, Léo Baiano e Danielzinho (Higor Leite, 25/2); Cléo Silva, Capixaba (Felipe Marques, 30/2) e Jenison (Guilherme Queiroz, 32/2). Técnico: Roberto Fonseca

Gol: Higor Leite, 26/2

Árbitro: Flávio Roberto Mineiro Ribeiro
Assistentes: Vitor Carmona Metestaine e Enderson Emanoel Turbiani da Silva
Cartões amarelos: Danielzinho, 25/1; Tchê Tchê, 3/2; Brenner, 41/2; Léo Baiano, 47/2
Público: 14.060 pagantes
Renda: R$ 378.987,42