São Paulo F.C



Em Araraquara, Tricolor empata com o Palmeiras

As redes não balançaram no clássico válido pela segunda rodada do Campeonato Paulista

Na primeira grande prova de 2020, o Tricolor empatou sem gols com o Palmeiras neste domingo (26), na Arena Fonte Luminosa, em duelo válido pela segunda rodada do Campeonato Paulista.

> VEJA MAIS IMAGENS DO JOGO

Com o resultado, o São Paulo se manteve liderança do Grupo C, agora com quatro pontos. Na próxima quarta-feira (29), às 21h30, novamente em Araraquara, a equipe enfrentará a Ferroviária pela terceira rodada do estadual.

Para o Choque-Rei, o time contou com a volta de Reinaldo, que não atuou na estreia diante do Água Santa (2 x 0) para acompanhar o nascimento da filha Rebeca. Assim, o técnico Fernando Diniz escalou a equipe com Volpi; Juanfran, Arboleda, Bruno Alves e Reinaldo; Tchê Tchê, Dani Alves e Hernanes; Helinho, Pablo e Vitor Bueno.

Apesar do forte calor do interior, o primeiro tempo contou com oportunidades para os dois lados e foi equilibrado: o Tricolor começou melhor, enquanto o adversário criou chances na reta final e até acertou a trave, mas as redes não balançaram.

Na volta para a etapa complementar, o treinador são-paulino teve que mexer: Helinho, que sofreu uma pancada no primeiro tempo, teve que ser substituído por Liziero – dessa forma, Dani Alves foi deslocado para a ponta direita.

E mais presente no campo de ataque, o camisa 10 teve a melhor oportunidade do São Paulo no Choque-Rei, porém, parou na defesa do goleiro rival. Já os mandantes carimbaram o travessão com Luiz Adriano.

Apesar da boa disposição de ambas as equipes neste início de 2020, o clássico terminou empatado sem gols em Araraquara.

 

PALMEIRAS 0 x 0 SÃO PAULO
Local: Arena Fonte Luminosa, em Araraquara (SP)
Data: 26/01/2020 (domingo)
Horário: 16h

SPFC: Tiago Volpi; Juanfran, Bruno Alves, Arboleda e Reinaldo; Tchê Tchê, Hernanes (Everton, 26/2) e Dani Alves; Helinho (Liziero, intervalo), Vitor Bueno e Pablo (Alexandre Pato, 37/2). Técnico: Fernando Diniz

SEP: Weverton; Marcos Rocha, Felipe Melo, Gómez e Victor Luís; Ramires (Zé Rafael, 22/2), Gabriel Menino (Patrick de Paula, 32/2) e Lucas Lima; Gabriel Veron (Willian, 17/2), Dudu e Luiz Adriano. Técnico: Vanderlei Luxemburgo

Árbitro: Raphael Claus
Assistentes: Marcelo Van Gasse e Neuza Back
Cartões amarelos: Vitor Bueno, 7/2; Bruno Alves, 41/2
Público: 15.173 torcedores 
Renda: R$ 1.107.400,00