São Paulo F.C



Estreia de respeito: Tricolor vira e goleia o Mirassol no Pacaembu

Adversário abre o placar, mas Anderson Martins, Pablo, Reinaldo e Hudson marcam e dão a vitória ao São Paulo na abertura do Paulistão: 4 a 1

O São Paulo estreou com o pé direito, pé esquerdo, de cabeça... Teve gol de todos os jeitos na vitória do Tricolor por 4 a 1, de virada, sobre o Mirassol, neste sábado (19), no Pacaembu, em duelo válido pela rodada de abertura do Campeonato Paulista de 2019. O primeiro gol foi do adversário - Bruno Peres, contra -, mas Anderson Martins (de cabeça), Pablo (de cabeça), Reinaldo (de pé esquerdo) e Hudson (de pé direito) colocaram o São Paulo à frente no marcador.

A torcida são-paulina também deu um show à parte e marcou presença no Pacaembu, cantando e empurrando a equipe durante os 90 minutos: o público foi de 20.355 pagantes e a renda de R$ 673.518,00. O próximo desafio do time comandado por André Jardine será na quinta-feira (24), diante do Novorizontino, às 21h, em Novo Horizonte, no interior paulista.

Para encarar o Mirassol neste sábado, o técnico André Jardine teve o desfalque do meio-campista Hernanes - apto a jogar a partir da próxima rodada -, formando a equipe com Tiago Volpi; Bruno Peres, Arboleda, Anderson Martins e Reinaldo; Jucilei, Hudson e Nene; Helinho, Pablo e Everton. Já os visitantes atuaram com Matheus Aurélio, Daniel Borges, Riccelli, Leandro Amaro, Léo Baiano, Alex Ruan, Felipe Augusto, Simião, Carlão, Jean Carlos e Marquinho.

No primeiro tempo, o time são-paulino encontrou dificuldades para furar o bloqueio armado pela equipe rival. Para piorar os planos tricolores, o Mirassol abriu o placar aos 12 minutos, em um contra-ataque, com Bruno Peres empurrando contra o próprio gol. A reação, porém, não demorou a chegar. Aos 29 minutos, Nene cobrou escanteio, e Anderson Martins aproveitou, de cabeça: 1 a 1.

Após ver a etapa inicial terminar em igualdade, o técnico André Jardine procurou mexer em alguns posicionamentos no intervalo. E deu certo. No segundo tempo, só deu São Paulo.

Logo aos 5 minutos da etapa complementar, Pablo aproveitou cruzamento de Reinaldo e deu belo cabeceio para o fundo do gol: 2 a 1 para o Tricolor e muita festa no Pacaembu. Aos 13 minutos, Nene cobrou falta no travessão e, na sobra, o time são-paulino recuperou a bola e o mesmo Nene cruzou para Reinaldo, na raça, de pé esquerdo, marcar: 3 a 1.

O quarto gol tricolor foi uma pintura. Helinho fez boa jogada pela direita e tocou para Bruno Peres, que mandou de calcanhar para trás. Hudson, da entrada da área, encheu o pé e mandou um chutaço, sem chances para o goleiro: 4 a 1 para o São Paulo.

André Jardine ainda teve tempo para colocar Liziero, Brenner e Everton Felipe em campo, nos lugares de Hudson, Helinho e Pablo, respectivamente. O Tricolor quase fez mais gols, mas a estreia de respeito já estava decretada.

 

SÃO PAULO 4 x 1 MIRASSOL
Local: Pacaembu, em São Paulo
Data: 19/01/2019 (sábado)
Horário: 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Leandro Bizzio Marinho
Assistentes: Daniel Luis Marques e Daniel Paulo Ziolli
Cartões amarelos: Hudson (36min/1º), Leandro Amaro (4min/2ºT, 11min/2ºT), Helinho (16min/2ºT), Leo Baiano (32min/2ºT)
Cartões vermelhos: Leandro Amaro (11min/2ºT)
Renda: R$ 673.518,00
Público: 20.355 pagantes, 21.865 presentes

SPFC: Volpi; Bruno Peres, Arboleda, Anderson Martins e Reinaldo; Jucilei, Hudson (Liziero, 21min/2ºT) e Nene; Helinho (Brenner, 26min/2ºT), Pablo (Everton Felipe, 37min/2ºT) e Everton. Técnico: André Jardine.
Gols: Anderson Martins (29min/1º), Pablo (5min/2ºT), Reinaldo (13min/2ºT), Hudson (20min/2ºT)

MFC: Matheus Aurélio; Daniel Borges, Riccieli, Leandro Amaro e Alex Ruan; Léo Baiano, Wellington Simião, Marquinho (Lelê, 28min/1ºT) e Jean Carlos; Carlão (Yuri, 28min/2ºT) e Felipe Augusto. Técnico: Moisés Egert
Gols: Bruno Peres (12min/1ºT)