São Paulo F.C



Aguerrido, Tricolor vence o São Caetano e avança para a semi do Paulista

Com muita entrega, no Morumbi, São Paulo bateu o adversário por 2 a 0 na noite desta terça-feira (20)

Com uma postura aguerrida e muita entrega, que resgatou o espírito valente da equipe, o Tricolor venceu o São Caetano por 2 a 0 e avançou para a semifinal do Campeonato Paulista. Na noite desta terça-feira (20), no Morumbi, contagiado pela raça de Tréllez e com alterações decisivas do técnico Diego Aguirre, o time são-paulino reverteu a derrota na partida de ida por 1 a 0.

O centroavante colombiano, com muito empenho, e Diego Souza – entrou na etapa complementar – marcaram os gols que garantiram o triunfo tricolor. Agora, firme na disputa pelo título, o São Paulo aguarda o desfecho das quartas de final para conhecer o próximo adversário. Que venha a semifinal!

Para o decisivo confronto, o técnico Diego Aguirre contou com as voltas de Sidão (contratura adutor direito), Reinaldo (estiramento no adutor esquerdo) e Tréllez (dores no joelho direito). No entanto, apesar das boas notícias, a equipe teve desfalques: Hudson (dores no adutor direito), Anderson Martins (dores na região dorsal), Edimar (entorse no joelho direito), Rodrigo Caio (amistosos da Seleção Brasileira) e Cueva (amistosos da Seleção Peruana).

Desta forma, com novidades e seis mudanças em relação ao duelo de ida, o Tricolor foi escalado com Sidão; Éder Militão, Arboleda, Bruno Alves e Reinaldo; Jucilei, Liziero e Nene; Marcos Guilherme, Tréllez e Valdívia. Já o adversário atuou com Paes; Alex Reinaldo, Sandoval, Max e Bruno Recife; Vinicius Kiss, Nonato, Ferreira e Chiquinho; Ermínio e Diego Rosa.

Na primeira etapa, o São Paulo criou boas oportunidades para balançar as redes, exigiu bastante do goleiro Paes e até carimbou o travessão – em chute de Marcos Guilherme. No entanto, apesar de insistir e buscar as jogadas na frente, o time são-paulino não conseguiu alterar o placar antes do intervalo.

Na volta para a segunda etapa, o comandante teve que mexer na equipe: com dores no músculo posterior da coxa esquerda, Valdívia foi substituído por Lucas Fernandes. E a mudança deixou o Tricolor ainda mais ligado em firme em busca da vaga. Ligado, o garoto revelado no CFA entrou bem e foi decisivo.

Com uma postura aguerrida, o São Paulo partiu para cima do rival. Aos 19 minutos, Tréllez acreditou até o fim e foi valente para marcar o gol: após recuou de bola para o goleiro, o colombiano batalhou, travou o chute e testou para estufar as redes! 1 a 0! E motivação de sobra para manter o clube na disputa pelo título.

Para dar mais força e ofensividade, Aguirre fez novas alterações e promoveu as entradas de Caíque e Diego Souza. E já nos instantes finais, aos 39 minutos, o time são-paulino anotou o segundo  gol para avançar na competição regional: Lucas Fernandes recebeu uma linda bola de Nenê, de calcanhar, e fez o cruzamento na medida para Diego Souza. O camisa 9 testou, a bola tocou na trave e entrou! 2 a 0! Festa no Morumbi, muita raça até o apito final e vaga na semifinal!

SÃO PAULO 2 x 0 SÃO CAETANO

Data: 20/03/2018 (terça-feira)
Local: Morumbi, em São Paulo-SP
Árbitro: Salim Fende Chavez
Auxiliares: Miguel Cataneo Ribeiro da Costa e Gustavo Rodrigues de Oliveira
Gols: Tréllez (19min/2ºT); Diego Souza (39min/2ºT)
Cartões Amarelos: Reinaldo (21min/2ºT); Diego Rosa (21min/2ºT); Diego Souza (40min/2ºT); Petros (40min/2ºT)

Público Total: 17.899
Pagantes: 17.899
Renda: R$ 414.726,00

São Paulo: Sidão; Militão, Arboleda, Bruno Alves e Reinaldo; Jucilei, Liziero (Diego Souza, 35min/2ºT) e Nene; Marcos Guilherme (Caíque, 16min/2ºT) e Valdívia (Lucas Fernandes, no intervalo); Tréllez. Técnico: Diego Aguirre.

São Caetano: Paes; Alex Reinaldo (Pedro Costa, 31min/2ºT), Sandoval, Max e Bruno Recife; Vinicius Kiss, Nonato (Niltinho, no intervalo), Ferreira e Chiquinho; Ermínio e Diego Rosa (Marino, 31min/2ºT). Técnico: Pintado.