São Paulo F.C



Tricolor vira sobre o Red Bull e avança na liderança

São Paulo venceu por 3 a 1 neste domingo (11), no Morumbi, e assegurou o primeiro lugar no Grupo B do Paulista

De virada, o Tricolor bateu o Red Bull Brasil por 3 a 1 neste domingo (11) e avançou para o mata-mata do Campeonato Paulista com a liderança do Grupo B. Com gols de Nininho (contra), Arboleda e Marcos Guilherme, no Morumbi, o São Paulo garantiu o triunfo no confronto de encerramento da primeira fase sob os olhares de Diego Aguirre, que acompanhou a partida em um dos camarotes do estádio.

FICHA TÉCNICA: São Paulo 3 x 1 Red Bull Brasil

Com o resultado positivo, o time são-paulino assegurou o primeiro lugar da chave, com 17 pontos em 12 jogos. Nas quartas de final, o clube enfrentará o São Caetano, que ficou na segunda colocação, com 15 pontos. A Federação Paulista definirá na terça-feira (13), em congresso técnico com dirigentes dos oito finalistas, as datas, horários e locais.

PINT6732.jpg

Dono da melhor campanha do grupo, o São Paulo decidirá o duelo de volta em casa. Já é certo que as partidas serão realizadas no próximo fim de semana (ida) e também no meio da semana seguinte (volta). Antes, porém, o Tricolor terá o confronto de volta com o CRB-AL pela terceira fase da Copa do Brasil. Após vencer por 2 a 0, na ida, o time paulista visitará os alagoanos na quarta-feira (14), em Maceió, com o direito de ser derrotado por um gol de diferença para garantir a classificação.

PINT6625.jpg

Para encarar o time do interior, o Tricolor não contou com os lesionados Sidão (contratura no adutor direito), Reinaldo (estiramento no adutor esquerdo) e Edimar (entorse no joelho direito). Já recuperados, mas ainda aprimorando a forma física, Morato, Jucilei e Anderson Martins também não foram para o jogo.

7019.jpg

A comissão técnica ainda optou por preservar Éder Militão, Hudson e Cueva da última rodada do estadual. Dessa forma, o técnico interino André Jardine escalou o time com Jean; Bruno, Aderllan, Arboleda e Júnior Tavares; Petros, Pedro, Nene e Diego Souza; Tréllez e Caíque. Já o adversário atuou com Julio César; Nininho, Anderson Marques, Tiago Alves e Breno Lopes; André Castro, Rayner e Thomaz; Claudinho, Edmilson e Eder Luis.

7011.jpg

Quando a bola rolou, o São Paulo tentou se lançar ao ataque, mas logo aos oito minutos sofreu o gol dos visitantes: anotado por Edmilson. Sem acusar o golpe, a equipe são-paulina partiu para cima do rival e criou boas oportunidades para balançar as redes antes do intervalo.

6894.jpg

Nene, em tarde inspirada, era o responsável pela criação das jogadas ao lado de Diego Souza e buscou constantemente as investidas na frente. E foi justamente em lance do camisa 7 que o Tricolor conseguiu deixar tudo igual ainda no primeiro tempo, aos 31 minutos: o armador avançou pela direita e cruzou rasteiro. Nininho tentou cortar a bola e mandou contra o próprio gol. 1 a 1.

6972.jpg

Na volta para a segunda etapa, em busca da vitória, Jardine promoveu duas alterações: entraram Marcos Guilherme e Igor Liziero (estreante) nas vagas de Tréllez e Pedro. Mais tarde, aos 15, o comandante interino colocou Valdívia no lugar de Caíque, aos 19 minutos. Com as mudanças, o Tricolor partiu atrás da virada. Aos 22, Júnior Tavares cobrou falta para a área e encontrou Arboleda, que testou para balançar as redes! 2 a 1!

PINT6659.jpg

Melhor no jogo, o São Paulo manteve a postura ofensiva mesmo após a virada e seguiu mais presente no campo de ataque. Assim, aos 26, a equipe ampliou a vantagem com Marcos Guilherme em grande jogada de Valdívia, que lançou o camisa 23 com categoria! 3 a 1 e importante triunfo antes dos decisivos confrontos que virão pela frente.

PINT6701.jpg