São Paulo F.C



Empate no fim frustra são-paulinos

Até os 43 minutos do segundo tempo, Tricolor levava a melhor sobre o Ituano na tarde deste domingo (20)

1850.jpg

Por Rubens Chiri / saopaulofc.net

Tradicionalmente, uma ‘receita simples’ para formar equipes campeãs no futebol exige vitórias em casa e pontos somados como visitante. No entanto, pelas circunstâncias do jogo, o empate com o Ituano por 1 a 1 na tarde deste domingo (20) não foi festejado pelos jogadores são-paulinos no Estádio Novelli Júnior. Ao contrário. Visivelmente cabisbaixos, os atletas deixaram o gramado chateados com o gol sofrido aos 43 minutos do segundo tempo, que custou o triunfo tricolor.

Com uma atuação segura apesar das adversidades que a partida impôs, o Tricolor caminhava para retomar o caminho das vitórias após quatro jogos de jejum. No entanto, com gol de Leonardo Luiz, o Ituano arrancou o empate pela décima rodada do Campeonato Paulista. O São Paulo largou na frente com o meia Paulo Henrique Ganso e controlava as ações do jogo, mas a expulsão de Thiago Mendes na reta final do duelo fragilizou a equipe, que acabou penalizada pouco antes do apito final.

“Tomamos um gol de bola parada, e isso não pode acontecer. Treinamos bastante esta situação de jogo e por isso não podemos dar este tipo de bobeira”, lamentou o zagueiro Maicon, que teve a opinião compartilhada pelos companheiros. “Não era o resultado que a gente queria, mas temos que levantar a cabeça e seguir trabalhando. Vamos batalhar para corrigir isso e voltar mais forte”, opinou o centroavante Alan Kardec.

Após empate sem gols na primeira etapa, o Tricolor conseguiu largar na frente aos 16 minutos do segundo tempo com o Maestro Paulo Henrique Ganso. Sem deixar os anfitriões avançarem contra a meta defendida pelo goleiro Denis, o São Paulo dava mostras de que deixaria o interior paulista com os três pontos. Porém, o tento do rival nos instantes finais frustrou os planos dos comandados do técnico Edgardo Bauza.

“Conseguimos tocar a bola e envolver o adversário durante boa parte do jogo e estávamos bem. Infelizmente faltou caprichar um pouco para fazer o segundo gol e evitar que o Ituano conseguisse marcar”, avaliou Rodrigo Caio. “Erramos muito, mas vamos conversar nos próximos dias para arrumar as coisas e fazermos jogos melhores na sequência da temporada”, acrescentou o arqueiro e capitão são-paulino Denis.

“Conseguimos marcar o gol em um jogo muito difícil, disputado, mas eles jogaram por uma bola e no fim infelizmente nós sofremos o empate. A gente sabia que não seria uma partida fácil e que a vitória não seria conquistada com tranquilidade, mas não conseguimos impedir o gol deles”, finalizou o meia-atacante Daniel, que recebeu mais uma oportunidade com o experiente treinador argentino.