São Paulo F.C



Jogadores culpam segundo tempo por revés

Na derrota para a Ponte Preta, por 2 a 1, Tricolor pressionou no primeiro tempo, mas caiu de rendimento na etapa complementar

1198.jpg

Por Rubens Chiri/saopaulofc.net

Mesmo jogando fora de casa na tarde deste domingo (9), no Estádio Moisés Lucarelli, o Tricolor dominou as ações da partida no primeiro tempo na derrota para a Ponte Preta, por 2 a 1, válida pela sétima rodada do Campeonato Paulista de 2014. No entanto, o forte calor do interior paulista desgastou os atletas são-paulinos, que caíram de produção na etapa complementar e não tiveram forças para buscar um resultado positivo.

"Infelizmente caímos um pouco de produção no segundo tempo. O primeiro foi muito bom, dominamos, mas não conseguimos fazer isso na segunda etapa. Assim, eles tiveram mais chances claras e acabaram vencendo o jogo", afirmou o goleiro Rogério Ceni, que marcou o gol solitário do São Paulo em Campinas.

Assim como o capitão são-paulino, o meio-campista Paulo Henrique Ganso fez a mesma leitura do jogo. O maestro, que pela primeira vez usou a camisa 10, também lamentou que o time não tenha conseguido manter a pressão para balançar as redes novamente.

"Dominamos o começo do jogo e isso ficou claro. Mas, infelizmente, eles foram lá e conseguiram marcar o gol. Depois, no segundo tempo, a partida ficou mais equilibrada e eles souberam aproveitar a oportunidade para vencer o jogo", avaliou o armador tricolor.

Apesar do resultado negativo, o Tricolor se manteve na liderança isolada do Grupo A, com 12 pontos em sete jogos. Na próxima rodada, sábado (15), o São Paulo entrará em campo novamente em busca de mais um triunfo no Estadual. No Morumbi, o time são-paulino enfrentará a Portuguesa.