São Paulo F.C



Lucas brilha, decide clássico e Tricolor vence o Santos

Camisa 7 faz o gol decisivo na guerreira vitória tricolor por 3 a 2, no Morumbi

Há algum tempo Rogério Ceni vem dizendo: "Lucas é a maior revelação do São Paulo na década". Experiente, o goleiro sabe o que fala. Neste momento, ele deve estar pensando: "Eu avisei". Lucas foi Lucas. Foi o jogador estrela, jogador de Seleção, jogador do São Paulo Futebol Clube.

Com um gol decisivo do camisa 7 nos minutos finais, o São Paulo, mesmo com um a menos, bateu o Santos por 3 a 2, na tarde deste domingo, no Estádio do Morumbi, no Campeonato Paulista. Casemiro e Luis Fabiano, de pênalti, fizeram os outros gols da equipe.

O jogo se caminhava para um empate até os 41 minutos do segundo tempo. Diga-se de passagem, um resultado injusto. Um atuação quase perfeita, daquelas para ficar marcada na história. O São Paulo merecia mais do que isso. E foi atrás. Foi guerreiro. Buscou fôlego de onde não tinha e saiu de campo com a sensação de ter vencido uma guerra.

TRICOLOR SUPERIOR

O técnico Emerson Leão entrou em campo com a mesma equipe do último jogo. Com isso, o volante Rodrigo Caio seguiu improvisado na lateral direita e Piris foi para o banco. O camisa 25, inclusive, fez um excelente primeiro tempo, anulando Neymar praticamente em todas as jogadas. Mas, por um erro da arbitragem, Rodrigo recebeu um cartão amarelo.

Desde o primeiro minuto de jogo, o São Paulo mostrou uma disposição muito superior ao rival e poderia ter ido para o intervalo vencendo por um placar elástico. Aos oito minutos, o volante Casemiro, de esquerda, arriscou de longe e abriu o placar no Morumbi. Resultado justo e merecido para a melhor equipe em campo.

Mesmo com o gol, o Tricolor seguiu pressionando o adversário, marcando ainda no campo de ataque. Aos 19, Luis Fabiano tocou para Casemiro. Dentro da área, o camisa 28 quase fez o segundo, assim como Cícero, que aproveitou um corta-luz de Jadson, aos 22 minutos da etapa inicial.

Nos raros ataques de perigo da equipe santista, a defesa são-paulina se portou muito bem. Em um dos lances, Denis fez ótima defesa, no outro, Rhodolfo afastou o perigo com o chutão para frente. Ainda no primeiro tempo, Lucas arrancou pela direita e encontrou Jadson livre do outro lado. O camisa 10 invadiu a área, mas tocou por cima do gol na hora da conclusão.

TUDO IGUAL

O equilíbrio tomou conta do início do segundo tempo, com ataque para ambos os lados. Mas, aos seis minutos, o zagueiro Edu Dracena aproveitou rebote da zaga são-paulina e empatou o clássico. Minutos depois, o árbitro completou o erro do primeiro tempo e expulsou Rodrigo Caio por falta em Neymar.

Com um a menos, Emerson Leão colocou Piris no lugar de Jadson. Aos 12 minutos, Casemiro deu outro lindo lançamento para Fabuloso, que quase marcou de esquerda. Com a mesma garra e determinação da primeira etapa, o Tricolor não se intimidou com o fato de estar jogando com um a menos.

Aos 18, Piris cruzou da direita e encontrou Cortez entrando pela esquerda. O lateral-esquerdo dividiu com a zaga santista e a bola foi para escanteio. Minutos depois, em tabela com Lucas, Luis Fabiano foi derrubado dentro da área por Rafael. O árbitro marcou pênalti, mas não expulsou o goleiro. Na cobrança, Fabuloso colocou o São Paulo em vantagem.

O Tricolor seguiu melhor, mas vacilou aos 31 minutos, quando Casemiro perdeu a bola no meio de campo. Na sequência do lance, Neymar driblou Denis e empatou o jogo. Com o gol, Emerson Leão tirou Luis Fabiano e colocou Edson Silva. Quando saiu de campo, o camisa 9 deu a faixa para Lucas.

O camisa 7 fez o que dele era esperado. Com Mano Menezes nas tribunas do Morumbi, Lucas decidiu o jogo. Mostrou que é craque. Teve seu nome ovacionado no Morumbi. Aos 41 minutos, ele arrancou da direita e tocou para Cortez, que acertou a trave. No rebote, o garoto chutou para o fundo das redes adversárias e fez o Morumbi explodir.

SEMANA LIVRE

Sem jogo no meio desta semana, o técnico Emerson Leão terá tempo para treinar a equipe. O São Paulo só voltará a campo no próximo domingo diante do Mirassol, fora de casa. Para este jogo, o atacante Fernandinho estará à disposição após cumprir suspensão automática.