São Paulo F.C



Com 7 gols em 2 jogos, Tricolor vence mais uma e segue invicto

Na noite desta quarta-feira, equipe bateu o Oeste por 3 a 2 e confirmou bom início

O atacante Tadeu bem que tentou estragar os planos do São Paulo. Mas não conseguiu. Com uma virada relâmpago no primeiro tempo, além de um golaço de Lucas no segundo, o Tricolor bateu o Oeste por 3 a 2, na noite desta quarta-feira, em Prudente, e segue 100% no Paulista.

Os outros gols do São Paulo foram marcados por Wellington e Cris, contra. Foi a segunda vitória são-paulina em dois jogos no Estadual. Na estreia, a equipe não tomou conhecimento do Botafogo-SP e goleou por 4 a 0, no Estádio do Morumbi. Já são sete gols no torneio - média de 3,5 por jogo.

Um começo muito animador, após as críticas de 2011. Claro que só o início, mas a invencibilidade momentânea empolga não só os jogadores. Com muito comprometimento, este time tricolor tem tudo para chegar longe na temporada e acabar com a seca de títulos.

VIRADA RELÂMPAGO

Satisfeito com o bom desempenho da equipe, o técnico Emerson Leão manteve o time titular diante do Oeste. E a partida desta quarta-feira começou alucinante. Logo aos quatro minutos, o goleiro Denis fez ótima defesa após chute do atacante Tadeu.

O São Paulo respondeu logo na sequência. Aos cinco, Fernandinho chutou cruzado e a bola passou perto da trave. Minutos depois, o atacante Luis Fabiano aproveitou jogada de Lucas e acertou a trave. Fabuloso ainda teria outra chance, desta vez de cabeça, mas o goleiro do Oeste fez grande defesa.

Apesar do maior volume de jogo, o Tricolor viu o adversário abrir o placar. Aos 27, Tadeu completou para o fundo da rede depois de escanteio pela esquerda. No entanto, a virada são-paulina foi relâmpago. Aos 32, Edson Silva subiu mais que a zaga e a bola desviou em Cris antes de entrar. No minuto seguinte, Wellington deu ótima arrancada pelo meio e fez um golaço.

GOLAÇO DE CRAQUE

Na volta do intervalo, Emerson Leão fez a primeira mudança na equipe. Tirou Fernandinho e colocou o meio-campista Maicon. Com isso, Lucas foi avançado. E foi o camisa 18 responsável pelo primeiro lance de perigo na etapa final. Aos seis, ele soltou a bomba de fora da área e quase marcou.

Sem problemas para neutralizar o Oeste, o Tricolor seguiu no ataque. Aos oito, Edson Silva mais uma vez subiu bem de cabeça e, por pouco, não ampliou. Aos 20 minutos, a segunda alteração: Cícero por Casemiro, que tem sido muito elogiado por Emerson Leão.

Com as alterações, o Tricolor manteve o ritmo de jogo. Luis Fabiano e Cortez fizeram jogadas perigosas, mas o gritou de gol ficou preso na garganta. Com 26 minutos, Leão teve de tirar Rhodolfo para a entrada de João Filipe. O camisa 4 deixou o campo com dores musculares.

Depois de Wellington, no primeiro tempo, Lucas "copiou" o amigo e também fez um golaço em Prudente. Aos 32 minutos, o camisa 7 arrancou contra a zaga adversário, não foi parado e chutou firme para marcar o terceiro do Tricolor na partida. Assim como foi diante do Botafogo-SP, a chuva não parou o São Paulo. Chuva mesmo só de gols. No fim, Tadeu descontou, mas já era tarde.