São Paulo F.C



Com gol de Daniel Alves, São Paulo vence o Fortaleza no Morumbi

Tricolor Paulista derrota o cearense por 1 a 0 na estreia do Brasileirão

No Estádio do Morumbi, o São Paulo enfrentou o Fortaleza pela estreia da equipe pelo Campeonato Brasileiro 2020 na fria noite de quinta-feira (13). Com gol de Daniel Alves, no primeiro tempo, os são-paulinos venceram por 1 a 0. O jogo também marcou o retorno do ex-goleiro Rogério Ceni ao Cícero Pompeu de Toledo, agora como comandante de um time adversário.

MAIS FOTOS DA PARTIDA

O técnico Fernando Diniz mandou o Tricolor ao gramado com Volpi; Juanfran, Arboleda, Bruno Alves e Reinaldo; Tchê Tchê, Liziero, Daniel Alves e Igor Gomes e Paulinho Boia; Pablo. Vitor Bueno, que havia sido originalmente escalado, foi cortado minutos antes da partida por causa de desconforto no músculo adutor da perna esquerda.

No primeiro tempo, o jogo contou com poucas oportunidades de gols para ambas as equipes. Uma boa chance do Tricolor foi Daniel Alves, em cobrança de falta, com a bola passando perto do travessão. Aos 42 minutos, Reinaldo cruzou e Daniel Alves, invadindo a área, tocou a bola para o fundo do gol. São Paulo 1 a 0.

No começo da segunda etapa, o Fortaleza chegou a marcar um gol, que foi corretamente anulado pelo VAR por causa de mão na bola do atacante do time visitante. Controlando o jogo nos minutos seguintes, o Tricolor manteve a vantagem no placar até o apito final.

A próxima partida do São Paulo será contra o Vasco da Gama, em São Januário, no domingo (16), às 16h.

 

FICHA DO JOGO

SÃO PAULO 1 X 0 FORTALEZA

Local: Morumbi, em São Paulo (SP)

Data: 13/08/2020 (quinta-feira)

Horário: 19h15 (de Brasília)

SPFC: Volpi; Juanfran, Arboleda, Bruno Alves e Reinaldo; Tchê Tchê, Liziero (Luan, 45/2), Daniel Alves e Igor Gomes e Paulinho Boia (Gabriel Sara, 22/2); Pablo. Técnico: Fernando Diniz

Gols: Daniel Alves, 42/1

FEC: Felipe Alves; Tinga, Jackson (Carlinhos, 36/2), Paulão e Bruno Melo; Felipe, Juninho (Wellington Paulista, 46/2) e Romarinho (Vasquez, 46/2); David, Osvaldo (Gabriel Dias, 30/2) e Yuri César (Franco Fragapane, 31/2). Técnico: Rogério Ceni.

Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS)

Assistentes: Jose Eduardo Calza (RS) e Jorge Eduardo Bernardi (RS)

Quarto árbitro: Ilbert Estevam da Silva (SP)

VAR: Daniel Nobre Bins (RS), Douglas Schwengber da Silva (RS) e Lucio Beiersdorf (RS)

Observador VAR: Jose Antônio Chaves Franco Filho (RS)

Cartões amarelos: Jackson, 27/1; Osvaldo, 12/2; Bruno Alves, 40/2