São Paulo F.C



Tricolor segura o líder e soma ponto aguerrido no Maracanã na estreia de Diniz

São Paulo empatou com o Flamengo (0 x 0) neste sábado (28) pelo Campeonato Brasileiro

Valente do início ao fim, o Tricolor segurou o ímpeto do líder do Campeonato Brasileiro de 2019 e somou um ponto aguerrido na noite deste sábado (28), no Maracanã, diante do Flamengo (0 x 0).

Na estreia do técnico Fernando Diniz, que comandou apenas uma atividade no CT da Barra Funda antes do duelo no Rio de Janeiro, o São Paulo batalhou bastante e parou o adversário, que vinha embalado por uma sequência de vitórias antes da partida válida pela 22ª rodada.

Com o resultado fora de casa, o Tricolor subiu da sexta para a quinta colocação, agora com 36 pontos, enquanto aguarda o desfecho da rodada. No próximo sábado (5), às 17h, no Pacaembu, a equipe paulista enfrentará o Fortaleza na sequência da competição.

Para encarar os cariocas, o Tricolor contou com a volta de Hernanes (cumpriu suspensão diante do Goiás). Assim, Diniz escalou o time com Volpi; Juanfran, Bruno Alves, Arboleda e Reinaldo; Luan, Tchê Tchê e Hernanes; Dani Alves, Pablo e Antony.

No primeiro tempo, o Flamengo teve mais posse de bola e chegou mais vezes ao ataque, mas o São Paulo contou com um sistema defensivo aguerrido e também levou perigo na frente. A equipe paulista até balançou as redes com Dani Alves, mas a arbitragem invalidou após consultar o VAR.

Na segunda etapa, com a mesma postura valente, o time são-paulino ainda se aventurou no campo de ataque e por pouco não balançou as redes. Já o adversário, embalado no torneio, tentou acuar o Tricolor, mas parou na grande atuação coletiva do São Paulo.

De Pablo, no ataque, ao goleiro Tiago Volpi, o São Paulo batalhou diante do líder do Brasileiro e conseguiu conquistar o importante ponto fora de casa: cada dividida foi encarada com muita vontade pelos atletas tricolores, que foram aplaudidos pelos torcedores são-paulinos no estádio.



FLAMENGO 0 x 0 SÃO PAULO
Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 28/09/2019 (sábado)
Horário: 19h (de Brasília)

SPFC: Volpi; Juanfran, Bruno Alves, Arboleda e Reinaldo; Luan, Tchê Tchê (Vitor Bueno, 21/2), Hernanes (Hudson, 48/2) e Daniel Alves; Antony (Liziero, 40/2) e Pablo. Técnico: Fernando Diniz

CRF: Diego Alves; Rodinei (Rafinha, intervalo), Rodrigo Caio, Pablo Mari e Renê (Filipe Lus, 30/2); Piris da Motta (Gerson, intervalo), Willian Arão e Arrascaeta; Everton Ribeiro, Gabriel e Bruno Henrique. Técnico: Jorge Jesus

Cartões amarelos: Hernanes (31/1), Reinaldo (42/1), Pablo (45/2), Liziero (48/2); Everton Ribeiro (34/1), Gabriel (30/2), Rafinha (39/2)
Público pagante: 62.541
Público presente: 67.051
Renda: R$ 3.541.963,25

Árbitro: Rafael Traci (SC)
Assistentes: Henrique Neu Ribeiro (SC) e Alex dos Santos (SC)
Quarto Árbitro: Rodrigo Carvalhaes de Miranda (RJ)
Árbitro de Vídeo: Rodolpho Toski Marques (PR)
Assistentes de Árbitro de Vídeo: Lucas Paulo Torezin (PR) e Ivan Carlos Bohn (PR)
Observador de VAR: Cláudio Vinícius Cerdeira