São Paulo F.C



Tricolor empata com o Santos na Vila Belmiro

São Paulo reagiu no segundo tempo e ficou no 1 a 1 no clássico deste sábado (16) pelo Brasileiro

Superior no segundo tempo, o Tricolor arrancou o empate com o Santos por 1 a 1 na Vila Belmiro neste sábado (16) e, por pouco, não virou o placar no clássico válido pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Os anfitriões abriram o marcador no primeiro em cobrança de pênalti, com Sánchez, e o São Paulo buscou o empate logo no início da etapa complementar com Dani Alves. Além do tento do camisa 10, o time são-paulino criou boas oportunidades para vencer e mostrou uma postura aguerrida no San-São.

Agora, com o ponto somado na Baixada Santista, o Tricolor detém 53 na competição nacional e segue na quinta colocação, na briga pelo G4. No próximo domingo (24), às 19h, na Arena Castelão, o São Paulo enfrentará o Santos na sequência do torneio.

Para o confronto deste final de semana, a equipe não contou com Antony (suspenso), Walce (Seleção Olímpica), Rojas e Everton (lesionados). Assim, o técnico Fernando Diniz escalou o time com Volpi; Juanfran, Bruno Alves, Arboleda e Reinaldo; Jucilei, Tchê Tchê e Igor Gomes; Dani Alves, Pablo e Vitor Bueno.

No primeiro tempo, o adversário largou na frente aos sete minutos em cobrança de pênalti, convertido por Carlos Sanchéz. Na volta para a segunda etapa, o treinador são-paulino mexeu: Liziero entrou no lugar de Jucilei.

O Tricolor, então, partiu em busca do gol e conseguiu deixar tudo igual logo aos nove minutos com Dani Alves, que aproveitou a sobra após cruzamento de Vitor Bueno para encher a bomba e estufar as redes! 1 a 1!

O tento não só confirmou a reação do São Paulo no clássico, como deu mais confiança aos visitantes. Melhor no jogo, o Tricolor buscou mais as jogadas no ataque e levou perigo ao rival. Superior, time são-paulino batalhou pela virada até o fim e, por pouco, não conquistou os três pontos na Baixada Santista.

SANTOS 1 x 1 SÃO PAULO

Local: Vila Belmiro, em Santos (SP)
Data: 16/11/2019 (sábado)
Horário: 17h (de Brasília)

SPFC: Volpi; Juanfran, Bruno Alves, Arboleda e Reinaldo; Jucilei (Liziero, intervalo), Tchê Tchê, Daniel Alves (Gabriel Sara, 44/2), Igor Gomes e Vitor Bueno; Pablo. Técnico: Fernando Diniz

Gol: Daniel Alves, 9/2

SFC: Everson; Victor Ferraz, Lucas Veríssimo, Gustavo Henrique e Jorge; Alison (Jean Mota, 40/2), Carlos Sánchez e Felipe Jonatan (Diego Pituca, 12/2); Evandro (Tailson, 21/2), Eduardo Sasha e Marinho. Técnico: Jorge Sampaoli

Gol: Carlos Sánchez (pênalti), 7/1

Cartões amarelos: Bruno Alves, 25/1, Vitor Bueno, 32/1, Pablo, 40/2; Felipe Jonatan, 11/2
Público: 14.062 pagantes
Renda: R$ 602.192,50
Árbitro: Flavio Rodrigues de Souza (SP)
Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse (SP) e Alex Ang Ribeiro (SP)
Quarto Árbitro: Thiago Luis Scarascati (SP)
Analista de Campo: Newton dos Reis Barreira (SP)
Árbitro de Vídeo: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral (SP)
Assistentes de Árbitro de Vídeo: Rafael Gomes Felix da Silva (SP) e Fabricio Porfirio de Moura (SP)
Observador de VAR: Jose Antônio Chaves Franco Filho (RS)