São Paulo F.C



Nos instantes finais, São Paulo perde para o Athletico-PR

Com gol aos 44 minutos do segundo tempo, Tricolor foi derrotado por 1 a 0 neste domingo (10) no Morumbi

Com gol aos 44 minutos do segundo tempo, após dominar praticamente toda a partida e criar boas oportunidades no Morumbi, o São Paulo foi derrotado pelo Athletico-PR por 1 a 0 neste domingo (10) em duelo válido pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O gol solitário da partida foi marcado por Marcelo Cirino. Com o resultado, o Tricolor se manteve na quinta colocação, com 52 pontos. No próximo sábado (16), às 17h, na Vila Belmiro, a equipe enfrentará o Santos na sequência do torneio.

Para encarar os paranaenses, o time não contou apenas com Rojas (cirurgia no joelho) e Everton (lesão no joelho). Assim, com a volta de Igor Gomes (cumpriu suspensão automática), o técnico Fernando Diniz escalou a equipe com Volpi; Dani Alves, Bruno Alves, Arboleda e Reinaldo; Jucilei, Tchê Tchê e Igor Gomes; Vitor Bueno, Pablo e Antony.

No primeiro tempo, o Tricolor levou perigo em algumas oportunidades e dominou a maior parte das ações ofensivas, enquanto o adversário se aventurou nos contra-ataques e parou em Volpi. Dessa forma, apesar de não alterarem o placar, os times fizeram uma boa etapa inicial.

No segundo tempo, o São Paulo seguiu agudo e chegou na frente diversas vezes. Gabriel Sara, Raniel e Hernanes entraram para fortalecer o ataque e buscaram o jogo, mas já nos minutos finais os visitantes balançaram as redes com Marcelo Cirino, aos 44.

SÃO PAULO 0 x 1 ATHLETICO PARANAENSE

Local: Morumbi, em São Paulo (SP)
Data: 10/11/2019 (domingo)
Horário: 16h

SPFC: Volpi; Daniel Alves, Bruno Alves, Arboleda e Reinaldo; Jucilei (Gabriel Sara, 16/2), Antony, Tchê Tchê, Igor Gomes (Hernanes, 39/2) e Vitor Bueno; Pablo (Raniel, 31/2). Técnico: Fernando Diniz

CAP: Santos; Madson, Robson Bambu, Thiago Heleno e Márcio Azevedo; Wellington, Camacho (Erick, 23/2) e Bruno Nazário (Lucho González, intervalo); Nikão, Marcelo Cirino e Rony (Vitinho, 41/2). Técnico: Eduardo Barros

Gol: Marcelo Cirino, 44/2

Cartões amarelos: Reinaldo, 9/2, Antony, 41/2; Camacho, 45/1, Wellington, 11/2
Público total: 13.795
Renda bruta: R$ 397.902,00

Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhaes (RJ)
Assistentes: Luiz Claudio Regazone (RJ) e Andrea Izaura Maffra Marcelino de Sa (RJ)
Quarto Árbitro: Vinicius Furlan (SP)
Analista de Campo: Marcio Verri Brandao (SP)
Árbitro de Vídeo: Rodrigo Carvalhaes de Miranda (RJ)
Assistentes de Árbitro de Vídeo: Alexandre Vargas Tavares de Jesus (RJ) e Daniel do Espirito Santo Parro (RJ)
Observador de VAR: Nilson de Souza Monção (BR)