São Paulo F.C



Anfitrião invicto: Tricolor tem melhor desempenho como mandante desde 2004

No Campeonato Brasileiro de 2018, São Paulo venceu nove dos 12 jogos que disputou diante de sua torcida

0251.jpg

Por Rubens Chiri / saopaulofc.net

Firme na briga pelo topo da tabela do Campeonato Brasileiro, o Tricolor conta com um time aguerrido e uma torcida que tem feito a diferença no Morumbi. Os números, aliás, mostram a força do São Paulo como mandante na competição nacional: até a 24ª rodada, desde 2004, o time não tinha um desempenho tão positivo em seus domínios como em 2018.

Dos 12 jogos como anfitrião no torneio, até aqui, o Tricolor venceu nove e empatou apenas três – com 19 gols marcados e sete sofridos. Neste período, a equipe são-paulina acumulou 83% de aproveitamento. Em 2004, na mesma altura do campeonato, o time obteve 87% de aproveitamento: nove triunfos e dois empates, em 11 rodadas como mandante.

“O Brasileiro é muito disputado, e a briga pela liderança exige que os clubes pontuem sempre. Então não podemos abrir mão dos resultados positivos em casa. Nosso time já mostrou que é forte no Morumbi, e queremos manter isso até o final da competição”, avaliou o zagueiro Anderson Martins.

Após o triunfo sobre o Bahia (1 x 0) no último final de semana, o técnico Diego Aguirre destacou a torcida tricolor. “Mais uma vez, a torcida foi maravilhosa. A torcida está sendo impostíssima nesta trajetória do time. E por isso é bom falar: é bom estarmos todos juntos”, disse o comandante, que completou.

“Talvez a torcida não goste de um jogador ou de outro, mas eles estão dando a vida. Queria pedir que transmitam confiança, com o mesmo objetivo. Seja quem jogar, os jogadores que entrarem em campo são os melhores que acho para vencer o jogo. É um momento de estarmos todos juntos”, afirmou o treinador.

Confira abaixo o aproveitamento do Tricolor, como mandante, desde 2004, até a 24ª rodada:

  • 2004 – 87,88% de aproveitamento, com nove vitórias e dois empates em 11 jogos
  • 2005 – 52,78% de aproveitamento, com cinco vitórias, quatro empates e três derrotas em 12 jogos
  • 2006 – 82,05% de aproveitamento, com dez vitórias, dois empates e uma derrota em 13 jogos
  • 2007 – 72,22% de aproveitamento, com oito vitórias, dois empates e duas derrotas em 12 jogos
  • 2008 – 75% de aproveitamento, com oito vitórias, três empates e uma derrota em 12 jogos
  • 2009 – 77,78% de aproveitamento, com oito vitórias e quatro empates em 12 jogos
  • 2010 – 58,33% de aproveitamento, com seis vitórias, três empates e três derrotas em 12 jogos
  • 2011 – 58,33% de aproveitamento, com seis vitórias, três empates e três derrotas em 12 jogos
  • 2012 – 75,76% de aproveitamento, com oito vitórias, um empate e duas derrotas em 11 jogos
  • 2013 – 36,11% de aproveitamento, com quatro vitórias, um empate e sete derrotas em 12 jogos
  • 2014 – 69,44% de aproveitamento, com sete vitórias, quatro empates e uma derrota em 12 jogos
  • 2015 – 75% de aproveitamento, com oito vitórias, três empates e uma derrota em 12 jogos
  • 2016 – 50% de aproveitamento, com cinco vitórias, três empates e quatro derrotas em 12 jogos
  • 2017 – 57,58% de aproveitamento, cinco vitórias, quatro empates e duas derrotas em 11 jogos
  • 2018 - 83% de aproveitamento, com nove vitórias e três empates em 12 jogos