São Paulo F.C



Em Salvador, São Paulo supera o Vitória

Fora de casa, Tricolor faz 2 a 1 no time baiano e sobe duas posições na tabela de classificação do Campeonato Brasileiro

O São Paulo viajou para Salvador com um único objetivo: voltar para São Paulo com três pontos diante do Vitória. O resultado aconteceu. Dominando a partida em posse de bol e boas chances, o Tricolor fez 2 a 1, com gols de Militão e outro de Cueva, ambos após cobrança de escanteio feita pelo Peruano. Com o resultado, o time do Morumbi avançou duas posições na tabela do Campeonato Brasileiro, com 27 pontos.

Sem poder contar com Jucilei e Edimar, suspensos por cartão vermelho e o terceiro amarelo diante da Ponte Preta, respectivamente, o técnico Dorival Júnior optou por escalar Jonatan Gomez e Júnior Tavares para as vagas em aberto. Com isso, o São Paulo atuou em um esquema com Petros atrás da linha dos meias, com Gomez à direita e Hernanes à frente.

A escalação ficou: Sidão; Éder Militão, Rodrigo Caio, Arboleda e Júnior Tavares; Petros, Jonatan Gomez, Hernanes, Marcos Guilherme e Lucas Fernandes; Pratto, em um esquema 4-1-4-1. O banco era composto de Denis, Aderllan, Bruno Alves, Lugano, Cueva, Maicosuel, Shaylon, Thomaz, Denílson, Gilberto, Marcinho e Paulo Bóia, este último, pela primeira vez relacionado na equipe principal.

Com a bola rolando, o São Paulo conseguia ter posse de bola e fazer boas trocas de passe, quebrando sempre as jogadas do Vitória, porém, chegava sem efetividade no gol. Aos 9 minutos, Hernanes passou por dois marcadores até ser derrubado com falta, na entrada na área, por Wallace. Na cobrança, batida por ele mesmo, o chute do camisa 15 saiu muito forte, passando por cima do gol.

Aos 15 minutos, Éder Militão encontrou Lucas Pratto na área. O argentino acertou a bola para Hernanes, que finalizou à direita do goleiro do time baiano, Fernando Miguel. Três minutos depois, foi a vez de Lucas Fernandes arriscar de fora da área, mas o chute saiu fraco. Com 20 minutos de jogo, o São Paulo tinha quase 70% da posse de bola, mas as chances eram escassas.

Com 29 minutos, o Vitória deve de fazer sua primeira substituição. Caíque Sá, lesionado, deixou o jogo para entrada de Fellipe Soutto. Na sequência, Jonatan Gomez e Arboleda receberam cartões amarelos por critérios da arbitragem em lances de falta. Aos 36 minutos, apareceu a chance mais real de gol até então. Lucas Fernandes bateu escanteio pela direita,  Éder Militão subiu mais que todo mundo e de cabeça finalizou rente à trave. No lance seguinte, Hernanes chutou de fora da área, com bastante potência, mas, no meio do gol, facilitando a defesa.

Apenas aos 45 minutos do primeiro tempo que o Vitória teve sua chance, e de bola parada. Fillipe Soutto rolou a bola e Uillian Correia chutou forte, acertando a trave direita de Sidão. No intervalo, Cueva foi acionado para substituir Gomez, que já tinha cartão amarelo e somava quatro faltas feitas.

O camisa 10 peruano começou o segundo tempo fazendo grande jogada. Marcos Guilherme recebeu de Cueva e bateu por cima do goleiro, que conseguiu defender. No rebote, Pratto finaliza e o zagueiro afasta. No lance seguinte, o time da casa quis devolver o “susto”, fazendo Sidão trabalhar firme por duas vezes.

Aos 7 minutos, finalmente o Tricolor conseguiu balançar as redes. Após cobrança de escanteio feita por Cueva, Éder Militão cabeceou firme e fez 1 a 0 para o São Paulo, o primeiro dele no time principal. Após o início eletrizante do segundo tempo e o gol, a posse de bola continuava com o Tricolor, mas sem chances de gol. Aos 26 minutos, Thomaz substituiu Lucas Fernandes.

Marcos Guilherme, Thomaz e Júnior Tavares tentaram, mas foi Cueva, novamente em jogada de escanteio, que ampliou. O peruano cobrou, a bola desviou em Fellipe Soutto e no goleiro Fernando Miguel, entrando no gol, 2 a 0. O árbitro deu o gol para o camisa 10 Tricolor. Hernanes quase ampliou, mas o goleiro se recuperou, defendendo no contra-pé, com dificuldade. Aos 41 minutos, Marcos Guilherme saiu para a entrada de Bruno Alves.

Aos 45 minutos, o Vitória encontrou um gol com Tréllez e ainda tentou dois ataques, mas era tarde demais. O São Paulo conquistou os três pontos e chegou aos 27 pontos, ocupando a 17ª colocação.