São Paulo F.C



A hora é essa

Com equipe comprometida, concentrada e apresentando bons momentos, Tricolor busca ter estabilidade nos 90 minutos, garantindo 3 pontos

8033.jpg

Por Rubens Chiri/saopaulofc.net

Na incomoda parte de baixo da tabela, o São Paulo enfrenta neste domingo (17), às 16h, no Barradão, em Salvador, o Vitória, pelo Campeonato Brasileiro. O técnico Dorival Júnior, apesar de preocupado com a atual posição no torneio, vê o time em plena evolução jogo a jogo, buscando agora, que isso se transforme em pontos.

Trabalhando forte a semana toda, o técnico buscou as melhores alternativas para fazer as duas substituições necessárias na equipe. Jucilei e Edimar, expulso e suspenso pelo terceiro cartão amarelo, respectivamente, diante da Ponte Preta, não poderão atuar em Salvador. Arboleda, que cumpriu suspensão, volta a ficar à disposição.

Para Dorival, o São Paulo está encontrando seu jeito de jogar, precisando agora, estabilidade nos 90 minutos.

“Está mudando. Só não vê quem não quer. ‘Ah, os resultados não estão acontecendo...’ Concordo, mas as mudanças existem. O São Paulo conseguiu viradas, vitória, o que não conseguia há um tempo. Ainda não alcançou equilíbrio durante 90 minutos. A maioria dos jogadores não atuou 10 partidas pelo clube até agora, estamos em formação no meio do torneio. Não se faz um time da noite para o dia”, afirmou Dorival.

Mesmo com um desempenho abaixo do esperado fora de casa até o momento, o Tricolor terá do outro lado o adversário com pior retrospecto em casa. Os números deste duelo, na história recente, são mais um incentivo para o São Paulo. De 2013 até 2017, as equipes se encontraram por seis vezes, sendo cinco êxitos do time paulista e um dos baianos. Curiosamente, nunca houve empate neste confronto.

Dorival fechou treinamentos na semana e os jogadores, por opção de se focarem apenas nos treinos, não deram entrevistas coletivas. O técnico afirmou que o momento é de falar menos e trabalhar mais, somando pontos, e comemorou o entendimento dos atletas em prol do clube, escolhendo concentrar dois dias antes do jogo.

“Tudo que podemos fazer para que o jogador tenha recuperação completa. Estando aqui, estaremos de olho, com repouso e alimentação nas horas corretas. Isso se faz necessário em um momento como esse. Os jogadores estão entendendo e abraçaram a ideia. Espero transformar esses pequenos detalhes em resultado”, comentou.

O Tricolor poderá sair da zona de rebaixamento nesta rodada. Vencendo o Vitória e com tropeços de Bahia, Chapecoense ou Coritiba, o São Paulo deixará de figurar no Z-4.