São Paulo F.C



No Estádio Luso Brasileiro, São Paulo é derrotado pelo Flamengo

Com gols de Guerrero e Diego, cariocas venceram por 2 a 0 na tarde deste domingo (2)

O São Paulo foi derrotado pelo Flamengo por 2 a 0 na tarde deste domingo (2), no Rio de Janeiro, e não conseguiu se reabilitar no Campeonato Brasileiro de 2017. Os gols da partida, válida pela 11ª rodada, foram marcados por Guerrero e Diego no primeiro tempo. Após o duelo no Estádio Luso Brasileiro, o Tricolor terá o clássico contra o Santos pela frente: no próximo domingo (9), às 19h (de Brasília), na Vila Belmiro.

Para encarar os cariocas, o Tricolor seguiu reforçado: após uma semana de treinos com o time, Petros foi relacionado. Assim como o meio-campista, o atacante Brenner também estava à disposição após passar a semana com a Seleção Brasileira Sub-17.  Assim, a equipe foi escalada com Renan Ribeiro; Araruna, Lugano, Rodrigo Caio e Junior Tavares; Jucilei, Wesley e Petros; Marcinho, Lucas Pratto e Cueva.

Já Morato (cirurgia no ligamento cruzado do joelho direito), Denis (tendinite no ombro esquerdo), Lucas Fernandes (trauma no ombro esquerdo), Gilberto (dores no joelho esquerdo) e Maicosuel (reequilíbrio muscular) ficaram na capital paulista. Os recém-contratados Arboleda (aguarda documentação) e Jonatan Gomez (aprimora a forma física após período de férias) ainda não reúnem condições de jogo.

O adversário atuou com Thiago; Pará, Réver, Rhodolfo e Trauco; Márcio Araújo, Cuéllar e Diego; Everton Ribeiro, Everton e Guerrero. Quando a bola rolou, o duelo foi parelho durante boa parte do primeiro tempo e os anfitriões não tinham vida fácil para tentar envolver a defesa são-paulina. O São Paulo continha as descidas do rival e tentava apostar nos contragolpes para surpreender.

No entanto, quando a primeira etapa parecia caminhar para o empate sem gols, o Flamengo abriu o placar em cobrança de falta com Guerrero, aos 37 minutos. Em busca do empate, os paulista se lançaram ao ataque, tentaram municiar Lucas Pratto na frente, mas sofreram o segundo antes do intervalo: o meia Diego, aos 41, fez 2 a 0.

Na volta para o segundo tempo, o técnico Rogério Ceni mexeu no time e promoveu a entrada de Denilson, que ocupou o lugar de Wesley. Com mais opção ofensiva, o Tricolor ganhou mais espaço no campo de ataque e assim deixou a partida mais aberta. Para tentar abrir ainda mais o jogo, o treinador são-paulino fez outra alteração e colocou Wellington Nem na vaga de Marcinho, aos 20 minutos.

Aos 21, o São Paulo não conseguiu descontar por pouco: Cueva recebeu na direita, invadiu a área e bateu rasteiro. A bola passou pelo goleiro, mas Réver tirou em cima da linha. Franco, o confronto também contou com chances para os cariocas, que também buscavam as jogadas na frente. O jovem Shaylon ainda entrou no lugar de Cueva, mas as redes não balançaram novamente e os flamenguistas venceram por 2 a 0.