São Paulo F.C



São Paulo é derrotado na Arena da Baixada

Com gol de Wanderson, Atlético-PR venceu por 1 a 0 na noite desta quarta-feira (21) pelo Brasileiro

Com gol de Wanderson, o São Paulo foi derrotado pelo Atlético-PR por 1 a 0 na noite desta quarta-feira (21) em duelo válido pela nona rodada do Campeonato Brasileiro de 2017. Apesar de ter mais posse de bola e finalizar mais vezes, o Tricolor não conseguiu o seu primeiro resultado positivo na Arena da Baixada. Com a tarefa de tentar se reabilitar na competição nacional após o tropeço em Curitiba, o time são-paulino receberá o Fluminense no próximo final de semana, no Morumbi.

Para encarar os paranaenses, o técnico Rogério Ceni contou com as voltas de Buffarini e Rodrigo Caio recuperados de lesões. Dessa forma, o treinador escalou o time são-paulino com Renan Ribeiro; Éder Militão, Lugano e Rodrigo Caio; Thiago Mendes, Jucilei, Cícero e Junior Tavares; Cueva, Marcinho e Lucas Pratto.

Já Morato (cirurgia no ligamento cruzado do joelho direito), João Schmidt (entorse no joelho esquerdo) e Denis (tendinite no ombro esquerdo), além de Maicosuel que faz trabalho complementar para reequilíbrio muscular, não estavam à disposição para o confronto na capital paranaense.

Os donos da casa atuaram com Weverton; Jonathan, Wanderson, Thiago Heleno e Sidcley; Otávio, Rossetto, Lucho, Nikão e Douglas Coutinho; Grafite. Quando a bola rolou, o Tricolor não teve tempo de impor o seu ritmo de jogo e sofreu o gol logo aos três minutos: após cobrança de escanteio, Wanderson aproveitou e abriu o placar.

Em busca do empate, o São Paulo tratou de dominar a possa de bola, conteve as investidas dos anfitriões e tentou municiar Pratto na grande área. Já o adversário apostava nos contragolpes para tentar ampliar a vantagem. Apesar da iniciativa das duas equipes, as redes não balançaram novamente na primeira etapa.

Na volta para o segundo tempo, Rogério mexeu no time e promoveu a estreia de Denilson, que herdou a vaga de Cícero. Assim, mais ofensivo, o Tricolor acuou o rival e finalizou mais vezes. A primeira chance após o intervalo foi justamente com o camisa 41, que bateu rasteiro no início da etapa complementar. Mais presente no campo de ataque, o São Paulo rondou a grande área paranaense e batalhou para tentar deixar tudo igual no marcador.

Aos 16 minutos, para dar mais velocidade ao time e uma nova opção ofensiva, o comandante promoveu uma nova alteração e colocou Wellington Nem no lugar de Éder Militão. Mais tarde, aos 30, na vaga de Cueva, foi a vez do jovem Brenner vestir pela primeira vez a camisa do time principal e reforçar o São Paulo na briga pelo empate.

Mesmo com mais posse de bola e finalizações, o Tricolor não conseguiu balançar as redes para pontuar na Arena da Baixada e assim os donos da casa levaram a melhor: 1 a 0. Com a tarefa de tentar se reabilitar na competição nacional após o tropeço em Curitiba, o Tricolor enfrentará o Fluminense no próximo final de semana, no Morumbi, pela décima rodada.