São Paulo F.C



Dorival fala sobre duelo com o Botafogo e situação na tabela

Com o empate diante do Botafogo (0 x 0), Tricolor não corre mais risco de rebaixamento no Brasileiro

O Tricolor entrou em campo para encarar o Botafogo neste domingo (19), no Pacaembu, em busca de uma vitória que garantiria a meta estipulada pelos são-paulinos na luta contra o rebaixamento. O empate sem gols com os cariocas frustrou os planos da equipe, mas o resultado fez com que o clube se livrasse da zona do rebaixamento.

No 13º lugar, com 46 pontos, o São Paulo não pode mais ser alcançado pelos três últimos colocados: Atlético-GO (34), Avaí (36) e Sport (39). Ponte Preta (39) e Vitória (40), que estão nos 16º e 17º lugares, respectivamente, podem ultrapassar o Tricolor na tabela. Porém, só por um deles já que campineiros e baianos se enfrentarão na próxima rodada.

“Foi um resultado que não deixa de ter sua importância natural. É claro que gostaríamos de ter uma vitória, e procuramos do início ao fim. Exigimos muito do Botafogo, mas não fomos felizes nas definições. Só que não deixamos de ser agressivos, de buscar o gol a todo momento. É natural que os jogadores saiam sentindo o que foi buscado, e não alcançado”, avaliou o técnico Dorival Júnior, que completou.

“Era nosso objetivo vencer e ter possibilidade maior de, de repente, buscarmos uma posição ainda melhor. É uma pena que não tenha acontecido, porque houve uma dedicação muito grande. Nossa preocupação era nossa situação na tabela, porque isso incomodava muito. Não podíamos relaxar em momento nenhum. Esse objetivo foi alcançado. Temos ainda um objetivo maior. Vamos esperar o fim da rodada para saber o que vamos precisar”, opinou.

 Com o resultado, o São Paulo caiu para a 13ª colocação, agora com 46 pontos. No próximo final de semana, antes de retornar ao Morumbi para o encerramento da competição nacional diante do Bahia, o time são-paulino enfrentará o Coritiba fora de casa.

“Não foi fácil, não foi simples. Foi um trabalho muito complicado, muito difícil. Só as pessoas que estão lá dentro sabem do que estou falando. Ano passado, tivemos uma grande equipe tendo dificuldades e não tendo recuperação, e isso poderia ter acontecido com o São Paulo.Houve uma entrega muito grande dos jogadores para conseguirmos reverter esse quadro. Não foi fácil. O trabalho é digno de todos os elogios”, finalizou.