São Paulo F.C



Torcida, força e coragem para seguir adiante!

São-paulinos ressaltam fatores para impedir revés diante da Chape e manter afirmação do time

9401.jpg

Por Rubens Chiri / saopaulofc.net

“Ponto importante pela circunstância do jogo. Temos que se acostumar a não perder. Esse ponto para gente é uma vitória”. As palavras do meio-campista Petros, ainda no gramado do Pacaembu, mostram os efeitos do empate que o Tricolor foi buscar diante da Chapecoense (2 x 2) na noite da última quinta-feira (9) após ver os catarinenses abrirem dois gols de vantagem.

Os visitantes largaram na frente e anotaram 2 a 0, com Wellington Paulista e Reinaldo, mas o São Paulo não se abateu e foi buscar o heroico empate no confronto válido pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro de 2017. Gilberto e Arboleda, no segundo tempo, marcaram os gols são-paulinos e mantiveram a reação da equipe acesa neste momento decisivo da competição nacional.

“Parabéns à coragem do Dorival em primeiro lugar, porque abriu mão da defesa para buscar os gols, e parabéns aos jogadores que entraram. Falamos da importância de quem está fora, porque tem que entrar e decidir. Entram com um compromisso ainda maior, decidir sim ou sim. Ficamos com a reação da equipe, que está de parabéns”, opinou o volante, que completou.

“No segundo tempo arriscamos tudo. Se tivesse mais cinco minutos a gente conseguiria a vitória. O nosso torcedor também está de parabéns, porque mais uma vez compareceu em peso e nos apoiou até o fim. O Campeonato Brasileiro é isso, essa loucura, não pode achar que vai ganhar. Então contamos sempre com este incentivo da nossa torcida”, acrescentou.

Com o empate, o São Paulo caiu para o 11º lugar, agora com 44 pontos. No próximo final de semana, com a missão de tentar ampliar a série invicta no torneio – agora são quatro jogos sem derrotas, com três vitórias e um empate -, o Tricolor visitará o Vasco da Gama, no Rio de Janeiro.

“Em momento nenhum falamos em Libertadores. Temos muita cautela. Não começamos agora no futebol. Temos exemplo que quando demos passos em falso, a gente se complicou”, emendou Petros. “Nem sempre a gente vai conseguir jogar bem, mas o importante é não cometer erros bobos. Acho que a gente deu uma vacilada, mas conseguimos reverter e conseguimos um ponto”, acrescentou o capitão Hernanes.